14/10/2016

E, no fim, ganhou...

SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER! SPOILER!

Pyzel.

Mas, o Stab In The Dark deste ano vale a pena ver porque, finalmente, temos meia hora seguida de Dane Reynolds a partir a loiça. Jesus, o homem está a surfar como sempre!

Se não sabem o que é o SITD, eu explico: a Stab pede a um número de shapers uma prancha para um surfista mistério que tem determinada altura e peso. O surfista, neste caso o Dane Reynolds e, no ano passado, o Julian Wilson, experimentam as pranchas. O Julian usou-as uma semana na Austrália, o Dane quase um mês, na África do Sul. Acabado o período de experimentação, há um vencedor. Depois do DHD, ganham o Pyzel. Como se ele precisasse de mais vitórias para o seu negócio...

P.S. O Pyzel é o shaper do John John Florence.

P.P.S. DANE REYNOLDS! YEW!

Sem comentários: