17/07/2014

#TBT: Aquela vez que entrevistei Matt Warshaw

Há um bom tempo atrás, fui atrás de uma entrevista com Matt Warshaw, o autor da Encyclopedia Of Surfing (e de uma porrada de outros bons livros e textos e artigos e tweets), talvez dos mais importantes trabalhos alguma vez feitos na literatura de surf - e que tem um site do caraças. Olhando para a oportunidade, acho que fui um bocado tímido e devia ter perguntado outras coisas, apesar de não ser bem esse o contexto da entrevista. Para além disto, se pudesse voltar atrás, fazia ainda umas alterações ao texto final da peça. Evitava uns clichés, melhorava a sintaxe...enfim.

De qualquer forma, estou razoavelmente satisfeito com o resultado e desafio-vos a lê-lo. Inexplicavelmente (bom, era o trabalho...), nunca a postei aqui e, por isso, aproveito esta Thursday para fazer um Throwback.

"A primeira edição da Encyclopedia Of Surfing chegou às bancas em 2003, tendo sido considerada um dos 100 livros do ano pela Amazon.com. Dez anos depois, acaba de ser lançada online. O seu autor, Matt Warshaw, ex-editor da SURFER e autor de livros como "The History Of Surfing", falou com a SURFPortugal sobre este trabalho e de como não tem bem a certeza se em 2003 já tinha em mente, ou não, a digitalização desta obra.

000728_BURKARD__41661Foto: Chris Burkard

O site é elegante, a fazer lembrar as curvas que alguém como Joel Parkinson faria numa grande parede para a direita. Mas a ambição de o fazer é a de qualquer manobra que Gabriel Medina tente levar a cabo numa onda de meio metro para a esquerda. Lançado com cerca de 650 artigos, aos quais se juntarão dois a três por semana, este é talvez um dos trabalhos mais significativos alguma vez feitos na história do surf.  Só alguém como Warshaw o podia lançar. Em primeiro lugar, o norte-americano foi como qualquer outro miúdo: queria ser surfista profissional. Mas a falta de talento em cima da prancha foi uma barreira intransponível que levou Warshaw a seguir a via académica, eventualmente tornando-se, nos anos 90, num dos melhor editores que a revista SURFER (com quem continua a colaborar) já teve, emprego que depois viria a deixar para embarcar na publicação de dois grandes trabalhos, a edição em papel da EOS e o igualmente ambicioso "The History Of Surfing". Com colaborações para nomes como a EsquireThe Wall Street JournalNew York Times ou Interview, Matt Warshaw é possuidor de um dos olhares mais acutilantes que o surf tem, escrevendo com um humor que torna a leitura dos seus trabalho...um prazer.

A Encyclopedia Of Surfing é um trabalho de análise, recolha e explicitação de dados que outras áreas do conhecimento em muito podem invejar. Se a edição em papel, com as suas limitações óbvias (ainda não dá para imprimir vídeo!), não pôde reflectir toda a cor que a nossa actividade tem, a sua versão digital, que conta com colaborações, muitas delas a custo zero, de alguns dos melhores fotógrafos e cinematógrafos do Mundo, era exactamente o que faltava ao papel. Como Warshaw disse ao jornalista Mark Lukach do The Atlantic: "A diferença entre o livro e o site é mais ou menos como quando a Dorothy chega pela primeira vez a Oz. O seu mundo a preto e branco fica, de repente, em cores brilhantes".

A SURFPortugal teve o prazer de falar com Warshaw, numa entrevista que podes ler já aqui em baixo.

SURFPortugal - Quando a Encyclopedia Of Surfing foi lançanda em 2003, já tinhas em mente a sua publicação digital?

Matt Warshaw - Quando o livro foi lançado, começou logo a perder a sua actualidade, o que é um facto da vida para qualquer coisa que seja publicada. Mas será que, logo de início, estava a pensar numa conversão digital? Hmmmm...provavelmente não imediatamente. Eu estava demasiado exausto de apenas ter conseguido terminar o livro. E, naquela altura, a web não estava na mó de cima e o software faça-você-mesmo não existia, para que eu pudesse começar a pensar logo nisso. Ainda assim, reparei há dois dias que registei o domínio encyclopediaofsurfing.com em 2002, por isso, suponho que talvez parte de mim já estivesse a pensar nisso.

Como é que a ideia surgiu e por que foste avante?

O site PostSurf, do meu amigo Lewis Samuels, foi uma grande inspiração. Ele fez aquilo tudo sozinho e surpreendeu-me imediatamente. Eu adorei ler o que ele escrevia e falar com ele sobre isso. Era tão mais entusiasmante do que eu estava a fazer na altura, que era escrever o The History Of Surfing. Nessa altura, 2009, a web já estava mais preparada para um projecto como o EOS e eu estava farto de escrever livros e à procura de uma mudança na carreira. Por isso, acabei o "History" e peguei no EOS."

Para continuar a ler, AQUI.

Sem comentários: