14/05/2011

A minha aposta para o Billabong Rio Pro

É esta (extraída do site da SURFPortugal, onde toda a equipa fez as suas apostas):

"Vamos manter as coisas simples desta vez. Favorito à vitória, aposta num dos seguintes, Kelly, Taj ou Mineiro. Kelly é Kelly, Taj anda muito em beachbreak e é quem mais vitórias tem no Brasil e o Mineiro está a surfar muito e conta com o facto casa. "One to watch/O surfista que pode surpreender", não me espantava que ou o Alejo Muniz ou o Julian Wilson alcançassem aqui as meias-finais. Cuidado, também, com o Bourez e o Owen. Quanto ao Saca, espero, novamente e no mínimo, um 9º lugar. Nas míudas, não me espantava que desse Tyler Wright ou até Laura Enever, sendo que a favorita continua a ser a Carissa ou a Steph e a Sally não se dá tão bem quanto elas neste tipo de mar."

3 comentários:

Capitão Spiff disse...

E enquanto esse não começa, podemo-nos deliciar com a prestação dos juniores portugueses nas canárias!
Temos Vasco na 1ª semi, e Kikas na 2ª. Se tudo correr ás mil maravilhas, vemos uma final
Portuguesa num projunior Europeu.
Sinais de um futuro melhor para o Surf competitivo em Portugal.
Só é pena os comentários ( e a ausência deles) do coitado que ta sozinho na sala. Coitado porque não dá importância nenhuma aos heats dos portugueses, nem mesmo quando eles ganham, mas também porque vê-se que ta todo queimado de tar ali a falar sozinho, para um microfone a manhã toda.

Abr e divirtam-se á frente do ecrã!!!

NL disse...

Matt Warshaw a por o dedo na ferida do circuito WT deste ano. De facto, o Dream Tour tem vindo a perder o sonho em prol de locais mais pragmáticos.

E se os surfistas não se importam e se as marcas até agradecem a exposição mediática de praias mais urbanas, pelo caminho têm vindo a esquecer quem financia a indústria: o público, os fans, e os atletas amadores. E se forem como eu, querem mesmo é ver ondas de sonho, com surfe de alta performance nos melhores surfspots do mundo. Tudo em directo via web - como se estivéssemos lá.

Para já, o circuito deste ano fica para a história pelas etapas com maior prize money de sempre.

O artigo de Matt Warshaw:
http://www.surfermag.com/features/waking-from-the-dream/

Boas ondas

Massa de Água disse...

Caramba diogo, precisavas estar aqui no rio,

o evento está divertido e olha que ne rodaram o masculino ainda. Já troquei idéia com mineiro, cj, e wilko wonka.

Em peniche estarei aí,

abraço

Henrique Vasquez