30/04/2011

TMN Pro no Porto (carago!)

O que tem esta fotografia a ver com o campeonato? Bom, para já....nada. Mas enfim, este é o spot principal, Praia Internacional. Hoje foi só em Leça da Palmeira e amanhã é que vai, então, para Internacional. Foto: eu mesmo.
Bom, só para dizer que ando pelo Porto, mais propriamente por Matosinhos, a ver a primeira etapa da Liga MEO Prosurf, o TMN Pro. Estou a fazer o webcast (www.meo.pt/surf) com o grande Nuno Jonet e estou muito surpreendido com o que estou a ver, quer de nível de surf quer de estrutura. E não digo isto por estar a trabalhar por cá. Em breve terei novidades.

29/04/2011

Aviso à navegação

Malta, como já devem saber, eu sou o Editor Online da Surf Portugal (www.surfportugal.pt), site onde tenho como responsabilidades publicar as últimas notícias do mundo do surf, cobertura de campeonatos, factos interessantes, vídeos e entrevistas, entre outras várias peças. Mas prendamo-nos apenas nas "notícias". Antes de tomar posse do site da revista, o trabalho de noticiário que eu fazia, era aqui, neste mesmo blogue. Ora durante os últimos meses tenho estado a noticiar tanto aqui como no site da SP e acho que chegou a um ponto em que 1) se tornou insustentável fazê-lo na medida em que pura e simplesmente não tenho tempo para fazer as duas coisas e o site da SP é e deve ser a minha prioridade, para além de exigir maior dedicação e rigor, 2) já não faz sentido noticiar aqui na medida em que as notícias estão noutro lado e 3) quem quiser ler as notícias escritas por mim, pode fazê-lo no site da revista.

Assim, com este pequeno post, me despeço das notícias de surf (anúncios de campeonatos, resultados competitivos, esse tipo de coisas), deixando a porta aberta para que as possam ler, ainda feitas por mim e melhores do que seriam se fossem feitas para este blog, no site da Surf Portugal.

E o que fica? Bom, ficam os meus comentário, interpretações e análises (que agora se vão tornar mais frequentes na medida em que bom...é para isso que este blog vai existir agora!), ficam os melhores vídeos com que me cruzar e algumas histórias da minha vida de surfista. Não garanto a actualização deste blog todos os dias mas asseguro-vos que tentarei colocar aqui conteúdos sempre que possível. (Para as notícias, já sabem onde ir...).

Agradeço a vossa compreensão e garanto-vos que não vão ficar desiludidos.

Obrigado e até já,

Diogo aqui do blog

25/04/2011

Joel Parkinson e Sally Fitzgibbons arrasam com a competição em Bells


 E é assim que se vence um campeonato, sendo o melhor do evento e derrotando toda a competição de forma categórica. Pelo menos foi esta a fórmula usada por Sally Fitzgibbons. Já Parko...fez exactamente o mesmo. O Saca ficou em 9º, justamente.

Em breve deixarei aqui algumas ideias que retirei deste evento. Até lá.

RIP CURL PRO BELLS BEACH FINAL RESULTS:
1 – 
Joel Parkinson (AUS) 18.53
2 – Mick Fanning (AUS) 13.26
RIP CURL PRO BELLS BEACH SEMIFINAL RESULTS:
SF 1: 
Joel Parkinson (AUS) 16.33 def. Adriano de Souza (BRA) 12.00
SF 2: Mick Fanning (AUS) 18.87 def. Jordy Smith (ZAF) 17.23
RIP CURL PRO BELLS BEACH QUARTERFINAL RESULTS:
QF 1:
 Joel Parkinson (AUS) 16.66 def. Owen Wright (AUS) 13.16
QF 2: Adriano de Souza (BRA) 18.00 def. Kelly Slater (USA) 11.24
QF 3: Jordy Smith (ZAF) 14.16 def. Chris Davidson (AUS) 11.10
QF 4: Mick Fanning (AUS) 17.46 def. Jadson Andre (BRA) 14.03
RIP CURL PRO BELLS BEACH ROUND 5 RESULTS:
Heat 1: 
Owen Wright (AUS) 14.17 def. Bede Durbidge (AUS) 9.26
Heat 2: Adriano de Souza (BRA) 13.97 def. C.J. Hobgood (USA) 13.66
Heat 3: Chris Davidson (AUS) 16.03 def. Michel Bourez (PYF) 15.37
Heat 4: Jadson Andre (BRA) 14.37 def. Tiago Pires (PRT) 13.93
ASP WORLD TITLE RATINGS (After Rip Curl Pro Bells Beach):
1. 
Kelly Slater (USA) 15,200 pts
2. Joel Parkinson (AUS) 14,000 pts
3. Jordy Smith (ZAF) 13,000 pts
4. Adriano de Souza (BRA) 10,500 pts
4. Tiago Pires (PRT) 10,500 pt
RIP CURL WOMEN’S PRO BELLS BEACH FINAL RESULTS:
1 – 
Sally Fitzgibbons (AUS) 16.77
2 – Carissa Moore (HAW) 15.40
RIP CURL WOMEN’S PRO BELLS BEACH SEMIFINAL RESULTS:
SF 1: 
Carissa Moore (HAW) 15.10 def. Silvana Lima (BRA) 12.60
SF 2: Sally Fitzgibbons (AUS) 18.37 def Stephanie Gilmore (AUS) 12.60
RIP CURL WOMEN’S PRO BELLS BEACH QUARTERFINAL RESULTS:
QF 1: 
Silvana Lima (BRA) 15.57 def. Sofia Mulanovich (PER) 9.60
QF 2: Carissa Moore (HAW) 13.34 def. Courtney Conlogue (USA) 5.90
QF 3: Stephanie Gilmore (AUS) 15.00 def. Tyler Wright (AUS) 11.44
QF 4: Sally Fitzgibbons (AUS) 18.56 def. Coco Ho (HAW) 14.53
RIP CURL WOMEN’S PRO BELLS BEACH ROUND 4 RESULTS:
Heat 1: 
Sofia Mulanovich (PER) 14.50 def. Chelsea Hedges (AUS) 8.50
Heat 2: Courtney Conlogue (USA) 12.50 def. Melanie Bartels (HAW) 12.04
Heat 3: Tyler Wright (AUS) 13.60 def. Jessi Miley-Dyer (AUS) 12.47
Heat 4: Sally Fitzgibbons (AUS) 18.83 def. Pauline Ado (FRA) 11.50
ASP WOMEN’S WORLD TITLE TOP 5 (After Rip Curl Pro Bells Beach):
1. 
Carissa Moore (HAW) 18,000 pts
2. Sally Fitzgibbons (AUS) 16,400 pts
3. Tyler Wright (AUS) 13,200 pts
4. Stephanie Gilmore (AUS) 11,700 pts
5. Silvana Lima (BRA) 11,700pts

22/04/2011

Aéreos reverse

Isto é brutal e muito, muito recomendável.

Aéreos, aéreos e mais aéreos. Mas só dos bons, dos melhores. Só dos bons.

Os outros

Não sou muito dado ao auto-enaltecimento nem a snobismos mas há coisas em que, efectivamente, me sinto melhor que outras pessoas.  Chamem-me o que quiserem e neste assunto, têm toda a razão. E sabem uma coisa, ainda bem. Prefiro ser assim.

Eu sou aquele tipo que chega à praia com um sorriso. Se passar por surfistas no caminho para ver o mar, digo olá, pergunto como estão as ondas, levanto o queixo em sinal de cumprimento. Muitas vezes sou ignorado. Quase todas as vezes sou ignorado. Quando estou à beira-mar, a decidir por onde vou entrar, se estiver alguém a fazer o mesmo que eu, vou lá e pergunto opiniões, agradeço a dica. Quando chego lá fora, nunca vou directo para o pico. Vou-me chegando até lá, com calma, onda a onda, sempre respeitando a ordem e ignorando os confrontos de galos que quase sempre acontecem. Devem pensar que sou maluquinho e que pertenço na ala psiquiátrica de um qualquer hospital pois cumprimento quem está na água - não para dizer que cheguei, sim para ser educado. Se vir alguém a apanhar uma boa onda, conhecendo a pessoa ou não, vou mandar um "yeeeew", uma boa onda será sempre uma boa onda. Aqui já me respondem, dizem obrigado e às vezes até sorriem. Sou de festejar boas ondas, sejam minhas ou não. Se estiver alguém que claramente não perceba nada do mar, sou tipo para avisar que vem de lá um set maior e que é melhor remar para fora. Cumprimento os chatos e incómodos turistas e "kooks" estrangeiros que muitas vezes invadem os lineups, acabam por ser mais eles que me permitem comprar uma prancha nova que os meus amigos de sempre. Miúdos dentro de água? Bora partilhar ondas puto! Gosto de apanhar boas ondas mas reconheço que todos temos o mesmo direito a elas e quando sinto que já apanhei um quantidade justa, saio da água, mais virão. Ir para água é um momento alegre no meu dia e uma coisa que, por diversos motivos quase todos profissionais, acontece cada vez menos pelo que não vou depositar a minha raiva nos outros, antes sim partilhar a minha felicidade por estar na água. Isto é com os outros.

Quando estou na onda, sozinho, as coisas são diferentes. Aquele professor cabrão que me roubou um valor? Toma lá junção. Aquele texto que saiu mal? Paulada com ele. Aquela discussão idiota com a namorada ou amigos? Prova do meu rail onda. Se não apanho a onda, filha da puta com ela. Se estrago tudo? Merda! Mas assim que remo para fora, já não sou só eu e o sorriso volta. 

Pode parecer estranho e incoerente. Se calhar até é. Mas sou sim e até gosto de o ser.

Aposta para Bells

Esta é a minha aposta para Bells Beach, extraída das apostas SURFPortugal, aqui.

"Aposto no Kelly e no Mick Fanning como favoritos à vitória, o Kelly está com a moral em alta e, mais perigosamente, a divertir-se. Já o Mick, vai querer recuperar da derrota precoce em Snappers. O Taj também é favorito, principalmente se as ondas não estiverem no seu máximo. Se estiverem, o Parko entra na questão juntamente com o Jordy (que pode vencer em praticamente todas as condições, verdade seja dita). O surfista que pode surpreender vai ser ou o Alejo Muniz ou o Owen Wright. O "nosso" Saca, acho que desta vez se fica pelo round 5 mas espero, sinceramente, que esteja enganado. Go Saca! Nas miúdas, Steph Gilmore surfa Bells como nenhuma mulher mais o faz. Até porque Bells não é uma onda de truques."

21/04/2011

Há coisas que nos fazem o dia.

Tirado do Facebook da SWtmn e que, já agora, serve como anúncio público deste programa de rádio da SURFPortugal ao qual dou voz e escrevo. Se quiserem ouvir, as informações estão em baixo. Também podem ouvir em qualquer lado do planeta através da Internet em http://radiosw.tmn.pt/ . Obrigado a todos!

"Tiago Pires diz que a Rádio SWtmn é uma rádio com onda e tem razão. Sabias que podes ouvir conteúdos de surf todos os dias, três vezes por dia, com a SurfPortugal Mag e o Diogo Alpendre?

A rubrica «Set SURFPortugal» é um report de surf que vai para o ar de 2.ª a 6.ª às 11h10, 15h45 e 17h10, com um compacto aos sábados das 17h às 18h. Entra na onda com a Rádio SWtmn!"

20/04/2011

Ta-taj no Quik Pro

Ele foi o melhor surfista do evento e ainda assim, perdeu. Mas o melhor é quem ganha, certo? Continua a ser um dos meus surfistas preferidos.


Gold Coast 2011 from Taj Burrow on Vimeo.

19/04/2011

Os heats do Rip Curl Pro Bells Beach presented by Ford


E já saíram os heats da 50ª edição do mais antigo campeonato de surf do Mundo. Destaque para alguns heats, como o heat 2 (três surfistas rápidos e capazes de levar o confronto para o ar), o heat 3 (três goofies em luta directa) e o heat 4 (três surfistas incríveis e completamente diferentes entre si - vai ser engraçado ver o critério de julgamento neste heat).

RIP CURL PRO BELLS BEACH ROUND 1 MATCH-UPS:
Heat 1: 
Adrian Buchan (AUS), Alejo Muniz (BRA), Raoni Monteiro (BRA)
Heat 2: Taj Burrow (AUS), Adam Melling (AUS), Josh Kerr (AUS)
Heat 3: Owen Wright (AUS), Heitor Alves (BRA), Bobby Martinez (USA)
Heat 4: Mick Fanning (AUS), Tiago Pires (PRT), Gabriel Medina (BRA)
Heat 5: Jordy Smith (ZAF), Dusty Payne (HAW), Stu Kennedy (AUS)
Heat 6: Kelly Slater (USA), Kai Otton (AUS), Adam Robertson (AUS)
Heat 7: Jeremy Flores (FRA), Taylor Knox (USA), Cory Lopez (USA)
Heat 8: Michel Bourez (PYF), Kieren Perrow (AUS), Gabe Kling (USA)
Heat 9: Damien Hobgood (USA), Matt Wilkinson (AUS), Daniel Ross (AUS)
Heat 10: Bede Durbidge (AUS), C.J. Hobgood (USA), Joel Parkinson (AUS)
Heat 11: Adriano de Souza (BRA), Chris Davidson (AUS), Julian Wilson (AUS)
Heat 12: Brett Simpson (USA), Jadson Andre (BRA), Patrick Gudauskas (USA)
RIP CURL WOMEN’S PRO BELLS BEACH ROUND 1 MATCH-UPS:
Heat 1: 
Chelsea Hedges (AUS), Sofia Mulanovich (PER), Rebecca Woods (AUS)
Heat 2: Silvana Lima (BRA), Laura Enever (AUS), Jessi Miley-Dyer (AUS)
Heat 3: Carissa Moore (HAW), Jacqueline Silva (BRA), Bethany Hamilton (HAW)
Heat 4: Stephanie Gilmore (AUS), Courtney Conlogue (USA), Alana Blanchard (HAW)
Heat 5: Sally Fitzgibbons (AUS), Paige Hareb (NZL), Melanie Bartels (HAW)
Heat 6: Coco Ho (HAW), Tyler Wright (AUS), Pauline Ado (FRA)

Fonte: ASP.

17/04/2011

Hey, Jordy, o que andas a fazer?

"Pá, não sei, andei a treinar combos abusadas ligadas com um flow incrível."

"Ah foi?"

"Foi, foi mas pá, nem sei explicar, o melhor talvez seja veres este vídeo que foi parar ao Surfline e dizeres-me o que achas."

"Filho da mãe, vais para Bells fazer isso e ainda te arriscas a ganhar!"

14/04/2011

"Is this real life?"

É a frase-chave do famoso vídeo do Youtube em que o miúdo acaba de sair do dentista e ainda está anestesiado. Como o nosso (dos surfistas) melhor anestésico são ondas perfeitas, depois de ver "Bono", pergunto-me:

Is this real life?

A "Procura" nunca esteve tão viva. The Search...is back!





Bobby

É uma pena ver um surfista como Bobby Martinez no "buraco" onde está, envolvido em polémicas e multas com a ASP e quedas/trocas constantes de patrocínios. Ele é um excelente surfista, entrou no Tour a matar (ganhou dois eventos no seu primeiro ano (2006), ganhou o Rookie of The Year e terminou o ano em 5º!) e depois, perdeu-se. Agora luta para passar do round 3 e vencer um surfista do Top 10 em vez de estar constantemente dos quartos de final em diante e a esmagar o feijão com arroz do Tour. A vida do Tour não é fácil e a de surfista profissional, apesar de tudo, também não. Mas alguém devia dar um abanão no californiano e dizer-lhe: "Oi, estás a viver um sonho pá!". Confiram em baixo o talento de Martinez.

11/04/2011

Dane fora de Bells Beach

A ASP acabou de anunciar que o Dane Reynolds não vai comparecer no Rip Curl Pro Bells Beach pois ainda não está plenamente recuperado da sua lesão. Após o anúncio, milhares de fãs de surf espalhados pelo Mundo inteiro lançaram as mãos à cabeça e perguntaram-se como vão conseguir aguentar mais um evento em que Dane não participe e que Kelly, Mick ou Taj vá ganhar.

Vejam a notícia da ASP, aqui.

C'um caraças! O que é isto!? Tenham medo rapaziada, tenham medo..

Isto é o novo filme da equipa de surf feminina da Nike 6.0. Arrisco já aqui, é o melhor filme de surf de sempre de miúdas. Porra que isto vai rebentar!

Um dia destes quero surfar aqui..

...e fazer ainda melhores tubos que estes tipos. Quem é o Slater, Taj e Mathews? E esta onda de Ours, em Sidney, é tão fácil.

"Oh Kelly, a próxima é minha! Vê lá se acalmas!"

Porra, raios parta a cabeceira..

08/04/2011

Nunca mais tenham dúvidas, é isto que os juízes querem!

O critério parece-vos dúbio? Não percebem como um carve consegue uma melhor nota que um aéreo e vice-versa? O mesmo com uma combinação tubo roundhouse cutback vs aéreo floater? Bom, o Adrian Buchan, numa recente entrevista à Surfing Magazine, explica o que os juízes querem ver. E sabem uma coisa? Não podia estar mais de acordo.

"What factors will win and lose you heats on tour this year and who will that suit?

Good surfing is gonna win you heats. You saw that on the [Gold Coast] with Kelly. He was able to mix it up in heats but he wasn’t surfing super new school. Taj was the most exciting guy and he had a pretty innovative attack but he wasn’t busting out many airs. And Tiago made the semis and he’s just a really solid, powerful surfer. Good surfing, whether it is above the lip, in the barrel or on the face is gonna win you heats. And if you’re maturing as a surfer and progressing. Dusty really showed that in the first event, that he’d gone away and worked on things that he failed to execute last year."

Eu gosto bastante..

..deste "post" no site da SURFPortugal. E acho que vocês vão gostar também. Quatro vídeo, quatro pequenos comentários.

Se eu fosse a vocês, ia dar uma olhada.

Yup, é a Alana, outra vez. Who cares?

Ela é linda e surfa bem! É o sonho de qualquer surfista! Tirado daqui.





06/04/2011

Kelly Slater em Rincon, não há muitas coisas melhores que isto


Isto parece-me promissor..

..até porque a Globe, ao contrário de outras marcas..., nunca me desiludiu em filmes de surf. O "Secret Machine" e o "New Emissions Of Light And Sound" ainda são dos meus filmes preferidos. E claro, o Taj, está no meu top 5.Vamos esperar que esteja rapidamente disponível para download.