28/03/2011

Bi-vitória

No mesmo evento, na mesma hora, Kolohe Andino vence um 4* e um Pro Junior de graduação 4 (em 5). Na final do 4*, Kolohe roubou (e segurou!) a vitória contra Adriano de Souza, mostrando que está pronto para os palcos mais competitivos. Podemos até mesmo dizer que Kolohe deu uma lição ao Adriano, uma lição que o brasileiro teima em não aprender e que, caso aprendesse, lhe daria mais vitórias (isso e parar com os claims). Kolohe tem uma experiência muito acima da sua idade, um talento assombroso e ganhou assim:

27/03/2011

E a Silvana não tem um título mundial porque...?

Bom, há várias razões. Mas A razão é a mesma que, nos tempos mais próximos, afectou Taj Burrow e Joel Parkinson, por exemplo. A cabeça. A disponibilidade mental.

É que o talento está todo lá. Ora vejam aqui.

26/03/2011

Hora do planeta

É hoje, das 20h30m às 21h30.
Saibam mais aqui.
Se a Miranda Kerr alinha, porque não o fazem vocês também?

25/03/2011

Altas ondas e aéreos de frontside assustadoramente bons

Este Nate Tyler até que tem jeito para a coisa, não é verdade? E é bem mais agradável de ver que o sujeito em baixo, com um perfil e história de vida bem mais engraçado (a Surfer fez um perfil do californiano há uns meses atrás). Altas ondas e altos aéreos, assim se faz um vídeo digno de visualização.

Nate Tyler's Alternate Innersection (Directors Cut) from Victor Pakpour on Vimeo.

Eu e o Dion Agius, um problema sem solução à vista

Atenção, isto é a minha opinião.

Já não consigo ver o Dion Agius a surfar. Acho-o horrível em praticamente todos os momentos em que está com uma prancha debaixo dos pés, da remada até ao descolar para um aéreo - no ar, ele é um surfista até porreiro de ver, com um estilo bonito - voltando a ser horrível quando o aterra. De resto, é fustigante vê-lo. A base demasiada aberta, seja no aéreo seja no "cutback". O corpo excessivamente arqueado para frente. A perna de trás dobrada numa posição esquisitóide. Os braços abertos sempre a ver se pôs desodorizante ou não.  Os "turns" dele são infantis e tecnicamente errados e, ao contrário do que eu julgo que ele pensa, não lhe dão um estilo único. Dão, sim, um estilo partilhado por muitos surfistas: um mau estilo.  Ainda assim, ele é um dos surfistas mais mediáticos da actualidade. Duas razões: o seu surf progressivo muito próprio da época que vivemos e o seu blog, pioneiro naquilo que hoje todos os surfistas têm (um site/blog onde largam toda a sua vida, quer interesse ou não).
Já não posso com mais um clip da sua vida boémia em França. Já não consigo ver mais que 30 ou 40 segundos do seu surf. Ainda assim, reconheço que ele é um excelente aerelista e - atenção, vem ai um big "claim" - possuidor do melhor e mais alto alley-oop do Planeta. É, também, um tipo corajoso, sem medo de se mandar a uma secção gigante e pesada em nome de um grande aéreo. E isto requere tomates.

Gostava de saber a vossa opinião.

Prova A

23/03/2011

Power Rankings pós-Quiksilver Pro Gold Coast

E boas notícias tenho eu! O Surfline trocou de analista! Adeus Ian Cairns, bem-vindo Nick Carroll. Verdade seja dita, quando vi, achei que era sinal de coisas boas...mas depois de ler, bom, achei até mauzinho. Acho que ele precisa de justificar melhor as coisas (Porquê o Dane no Top 10?). Contradiz-se no que diz sobre o Tiago. Se o Saca é assim tão perigoso, porque está ele em 12º quando terminou o evento em 3º? Dusty Payne em 4º? Porque raio? Alejo atrás do Julian?

Tenho pena de o dizer mas é um mau início do jornalista australiano.

Vão ver, já! É só carregarem aqui.

22/03/2011

Mais rincon, desta vez com o Kolohe, Kerr, Perillo, Connor Coffin e outros.

Reparem bem no "gigantismo" dos aéreos alley-oop do Josh Kerr. Reparem bem (e se não os conseguirem ver bem, recomendo vivamente que os vejam aqui.)

17/03/2011

Este Paul Fisher é só rir!

Um abraço Sion, até sempre

"Mais um duro golpe para o surf havaiano, morreu Sion Milsoky, 35 anos, surfista de ondas grandes do Kauai, afogado em Mavericks." Continuem a ler, aqui.

O segundo rei

Há o Slater que é o rei de tudo. De tudo? Não. Há um pequeno nicho no tudo chamado "palermice" que Slater ainda não domina (nem vai dominar). Esse nicho, é defendido por um rei, "o rei da parvoíce", que é Paul Fisher. E ELE ESTÁ DE VOLTA! Com um vídeo hilariante do Quiksilver Pro Gold Coast. É só carregar aqui e rirem-se, muito.

15/03/2011

Putz, é o Pottz há 24 anos atrás.

Será que o surf mudou assim tanto? E se o Matin Potter entrasse numa competição hoje e surfasse assim? E quem aí não concorda que a rasgada de frontside do campeão do Mundo de 89 é melhor do que a de GRANDE parte do Tour actual? E quem aí viu o quanto este senho surfou na Expression Session antes da final do Quiksilver Pro Gold Coast? Viram aquela onda? Aquela subida ao lip? Melhor do que qualquer manobra feita na final. Acreditem.

11/03/2011

Craig Anderson, "Innersection"

Esta é uma das minhas secções preferidas do Innersection. Foi a finalista vencida para Matt Meola. Vale muito a pena ver pois o "Ando" é um dos surfistas mais estilosos da nova geração de australianos, seja a voar, a rasgar ou a entubar.

Quiksilver Pro Gold Coast - impressões finais

(Antes de mais nada, desculpem este recente afastamento do blog. Tive ocupado com deveres profissionais e estudantis).

- O Kelly vai para o 11º. Não sei se repararam mas na entrevista pós-heat do round 5, ele já estava a falar de Bells. Ele não vai a lado nenhum e porque haveria de ir? Ele continua num patamar acima de todos os seus adversários.

- O Saca surfou bem. Não surfou optimamente, não surfou muito bem. Surfou bem e foi frio e esperto na gestão dos seus heats. Teve sorte também.

- Hey, Joel, para de surfar como se estivéssemos em 2007 e surfa como se surfa em 2011, ok? O mesmo para vocês Josh Kerr e Dusty Payne.

- Taj, Taj, Taj. Eu ainda acredito em ti pá. A sério.

- Que se cuide o Julian Wilson, o Alejo é favorito a "Rookie do Ano".

- Brett Simpson, fizeste um carve de frontside à lá Taylor Knox que me surpreendeu. És capaz de mais?

- Adriano, menos claims, vá lá. Vais ver que até te vai beneficiar.

- Yooo, Jordy, queres ser um candidato ao título ou não? Tens que crescer pá! E que tal escolheres um vencedor para te treinar e não um derrotado, como o Shane Beschen (que é um bom surfista, não me entendam mal!)?

Quais foram as vossas impressões?

09/03/2011

Ke11y Slater vence o Quiksilver Pro Gold Coast. Saca em 3º lugar.



Saibam mais, aqui.
QUIKSILVER PRO GOLD COAST FINAL MATCH-UPS:
1 – 
Kelly Slater (USA) 11.20

2 – Taj Burrow (AUS) 10.17
QUIKSILVER PRO GOLD COAST SEMIFINAL MATCH-UPS:
SF 1: 
Kelly Slater (USA) 16.77 def. Tiago Pires (PRT) 8.20

SF 2: Taj Burrow (AUS) 17.56 def. Jordy Smith (ZAF) 11.40
QUIKSILVER PRO GOLD COAST QUARTERFINAL RESULTS:
QF 1:
 Kelly Slater (USA) 15.40 def. Dusty Payne (HAW) 9.06

QF 2: Tiago Pires (PRT) 14.64 def. Matt Wilkinson (AUS) 14.40
QF 3: Taj Burrow (AUS) 17.30 def. Brett Simpson (USA) 11.60
QF 4: Jordy Smith (ZAF) 13.03 def. Alejo Muniz (BRA) 9.95
ASP WORLD TITLE TOP 5 (After Quiksilver Pro Gold Coast):
1.
 Kelly Slater (USA) 10,000 points

2. Taj Burrow (AUS) 8,000 points
3. Jordy Smith (ZAF) 6,500 points
3. Tiago Pires (PRT) 6,500 points
5. Matt Wilkinson (AUS) 5,200 points
5. Brett Simpson (USA) 5,200 points
5. Dusty Payne (HAW) 5,200 points
5. Alejo Muniz (BRA) 5,200 points

08/03/2011

"Carissa Moore surfs better than YOU!"

Carissa Moore vence o Roxy Pro Gold Coast! Saibam mais, aqui.

Sobre o round 3 do Quiksilver Pro..

...escrevi isto. Aliás, estou a fazer a cobertura do evento (e do Roxy Pro) lá mesmo (claro, afinal sou o editor online...).

Sou suspeito mas é um site que vale a pena seguir.

Atenção, também, ao Júlio Adler que está a escrever no site da Hardcore, aqui.

06/03/2011

O round 2 do Quiksilver Pro Gold Coast

...(e o 3º e 4º round do Roxy Pro Gold Coast), na minha casa profissional, a SURFPortugal.

Sobre as meninas, vejam aqui. Sobre a rapaziada, vejam aqui.

Atenção que a competição já está on outra vez, primeiro com o round 4 feminino e depois com com o round 3 masculino. Vai ser um longo dia (noite em Portugal..) de acção!

Sinceramente?

Acham, sinceramente, que quem faz coisas destas se deve retirar do Tour? 

Ampliem. Photo: Glaser (daqui.)

"All of our love, A.I forever"

No fim de Innersection (e em download grátis no Itunes) está aquela que pode muito bem ser a melhor compilação de sempre de clips de vídeo do Andy Irons, unidos numa última secção homenagem ao havaiano. A secção entra-nos pelo visor do computador ou televisão a dentro e somos confrontados com a brutalidade de imagens reunidas nos últimos dez anos e que traduzem a também brutalidade do surf de Andy Irons. Mal montada, mal editada, mais parece uma colagem de clips do que uma coisa pensada. Está nua, crua, real e até violenta. A música com sonoridade irlandesa e de celebração da vida - como todas as músicas irlandesas parecem ser, guardando nos confins das entrelinhas as suas subtis mensagens - vai soando cruelmente. Transparece a tristeza de alguém que com Andy passou muito tempo, a filma-lo e a mostra-lo ao Mundo. Explica-se a dureza da secção, não dava para editar, seria doloroso. O próprio Andy também nunca foi editado. Sempre foi nu, cru, real e até violento. Não seria justo edita-lo em mais um clip, talvez o último clip de Steele. Antes venha a realidade. Andy sendo Andy. Andy a enfrentar o touro de Teahupoo de ombros relaxados. Andy a desafiar a foam ball de Keramas. Andy a desafiar a gravidade em pesadas direitas mexicanas. Andy a desafiar a física ao deixar todo o seu corpo, a sua força, num só rail, numa só quilha, fazendo um arco, voltando ao ponto de partida. Tudo seguido. Tudo seguido. Pode não ter o melhor surf por ele feito, embora tenha uma boa parte dele. Pode não ter tudo. Mas é Andy. E é o Andy.

"All of our love, AI. forever."

D-Baaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaah

05/03/2011

É um avião? É um pássaro? É o Super-homem? É Dane Reynolds? Não, é Julian Wilson!

Dois aéreos gigatescos (!!!!!!!!) a abrir um vídeo tirado do website do prodígio australiano - www.julianwilson.com. Confesso que estou a juntar-me à lista de fãs deste puto..

04/03/2011

Ser "juiz" na ASP

Não é uma tarefa fácil como sabemos. Mas é uma daquelas coisas que embora esteja à frente de todos, para consulta e crítica de todos nós que assistimos ao evento no webcast, tem muito mais que se lhe diga. Assim, o monstro do jornalismo de surf Nick Carroll foi falar com o Richie Porta, Head Judge da ASP em grande parte dos eventos do Tour. Sigam este link e leiam o que ele tem para dizer, vale a pena. Alguns excertos da conversa aqui em baixo:

“I walked away from every event last year able to sleep soundly. Like we would have had some difficult heats, I may not always have agreed exactly with how the boys scored it, but in my mind, no-one got ripped off. And if I can say that, I’m happy.”

You guys are the best surfers in the world. Our job is to make you surf your best. If we’re gonna pump up the scale and give you a decent score for moderate surfing, then we’re not being true to what you guys can do.’

03/03/2011

Oh não (oh sim!), outro vídeo com a Alana Blanchard..

..e com o bónus de ter também a havaiana Monica Byrne Wickey. Oh não, que chatice ter que ver este vídeo, não me estava mesmo a dar jeito nenhum.

01/03/2011

Taj e Dion num mano a mano

Quando dois amigos australianos que partilham um mesmo patrocinador (Globe) e são dos mais dotados "aerelistas" que o Mundo do surf já viu se juntam para fazer um vídeo de surf para esse patrocinador, sabemos que só pode dar coisa boa. Alie-se isto às ânsias artísticas da Globe e às novas modas do surf, tudo editado por Beren Hall, um dos filmmakers australianos fétiche do momento, e temos um sucesso garantido. Não concordam?

Dois Gudauskas à solta na Austrália

Entre música e Gudauskices, até estão alguns bons momentos de surf, (embora uns deles com um estilo duvidável).