18/02/2011

Para quê complicar?

Para quê complicar quando um simples aéreo de frontside, alto e sem rotações, pode ser tão brutal?

Sem comentários: