14/01/2011

"Should Kelly Slater retire?"

Tenho que vos dizer, depois de ler este artigo do Surfline, estou praticamente convencido de que sim. Os argumentos apresentados pelo autor, Matt Walker, são bons e válidos. Não sei o que é que vocês acham mas gostava de saber.

Eu acredito que os verdadeiros deuses e deusas do desporto devem retirar-se ou parar quando atingem um patamar que dificilmente será alcançado. Devem sair por cima, na mó de cima. Devem dar um espaço aos que vêm a seguir. Não numa questão de "eles são melhores que eu e portanto duvido que vá conseguir conquistar um título com eles no Tour" mas sim numa de "consegui muito, dificilmente vão bater os meus recordes, é tempo de sair e deixar que outros alcancem a glória". Como diz o Matt Walker no referido artigo, o Kelly deve retirar-se, mais que não seja, para que os outros 33 competidores do World Tour possam competir entre eles e não todos contra um, "The world against Slater".

Por muito que me custe dizê-lo - e quero desde já garantir, tal como o Walker faz no início do seu artigo, que sou um fã acérrimo do 10x campeão do Mundo - de sair do Tour. Nem é sair de cena porque alguém como o Slater nunca sai de cena. É retirar-se. Dar uma lufada de ar fresco no Tour. Fica a pergunta, será que Slater vai conseguir sair?

3 comentários:

André carvalho disse...

eu ouvi de fonte segura, que ele ia à austrália. Depois fazia o resto do circuito porque era "mau" sair a meio, quase uma falta de respeito, além das multas que a asp aplica...
mas já acredito em tudo...

Anónimo disse...

Parece que o Daniel Reinaldo vai ser operado.

Abraço e bom fds!

Pina

João Afonso disse...

Agora que a geração modern collective está a chegar toda ao Wt, deverá ser difícil para o kelly abandonar. Acima de tudo o kelly gosta de competir e nada lhe daria mais prazer do que mostrar aos "putos" que quem manda é ele.
Além disso todos os anos se põe esta questão Será que ele vai abandonar? e até agora o resultado tem sido sempre o mesmo. Portanto é esperar para ver, mas eu acho que ele vai continuar.

Abraço