11/10/2010

Women's World Title ou We Win Too (Nova crónica no site da SP)

“E o que ganham as senhoras que fazem parte do Tour? Segundo Diogo Alpendre, um dos emissários da SURFPortugal em Peniche, cada vez mais respeito, admiração, valor e corações.

Numa praia do Lagide muito bem constituída apercebi-me que de um ano para o outro, de Rip Curl Pro Search Peniche para Rip Curl Pro Portugal, o olhar para com o WWT mudou. Se o ano passado já era notável, este ano, mesmo com menos pessoas na praia, foi incrível. Não só na Internet como na areia, entre público, staff e outros competidores. Interesse a sério! As palmas que soavam nas melhores manobras do dia e sobretudo na consagração de Steph e Carissa foram palmas sentidas, palmas que podiam ser de um evento masculino mas que felizmente começam a ter uma identidade própria."

Continuem a ler esta crónica, aqui.

Sem comentários: