04/09/2010

Andy Irons vence o Billabong Pro Tahiti 2010!! Está de volta!!

Importante realçar que o havaiano três vezes campeão do Mundo eliminou o Kelly Slater na segunda semi-final.

BILLABONG PRO TAHITI FINAL RESULTS:
1 – Andy Irons (HAW) 14.672 – C.J. Hobgood (USA) 8.33

BILLABONG PRO TAHITI SEMIFINAL RESULTS:
SF 1: C.J. Hobgood (USA) 15.00 def. Jeremy Flores (FRA) 12.93
SF 2: Andy Irons (HAW) 13.57 def. Kelly Slater (USA) 10.26

BILLABONG PRO TAHITI QUARTERFINAL RESULTS:
QF 1: C.J. Hobgood (USA) 14.53 def. Tiago Pires (PRT) 6.23
QF 2: Jeremy Flores (FRA) 11.80 def. Fredrick Patacchia (HAW) 11.33
QF 3: Kelly Slater (USA) 18.67 def. Adrian Buchan (AUS) 12.77
QF 4: Andy Irons (HAW) 16.44 def. Patrick Gudauskas (USA) 11.00

BILLABONG PRO TAHITI ROUND 4 RESULTS:
Heat 1: C.J. Hobgood (USA) 13.50 def. Dane Reynolds (USA) 9.67
Heat 2: Tiago Pires (PRT) 14.83 def. Adriano de Souza (BRA) 12.83
Heat 3: Fredrick Patacchia (HAW) 10.00 def. Owen Wright (AUS) 1.10
Heat 4: Jeremy Flores (FRA) 10.00 def. Manoa Drollet (PYF) 5.37
Heat 5: Kelly Slater (USA) 17.70 def. Adam Melling (AUS) 8.43
Heat 6: Adrian Buchan (AUS) 16.67 def. Michel Bourez (PYF) 8.83
Heat 7: Andy Irons (HAW) 14.17 def. Mick Fanning (AUS) 14.07
Heat 8: Patrick Gudauskas (USA) 17.00 def. Damien Hobgood (USA) 13.66

CURRENT ASP WORLD TITLE RACE TOP 5 (After Billabong Pro Tahiti)
1 – Jordy Smith (ZAF) 30,250 pts
2 – Kelly Slater (USA) 30,000 pts
3 – Taj Burrow (AUS) 25,250 pts
4 – Dane Reynolds (USA) 23,750 pts
5 – Adriano de Souza (BRA) 23,250 pts

Fonte da informação e terceira e quartas fotografia, ASP.
P.S. Carreguem nas imagens para ampliar!

4 comentários:

Pedro disse...

Se o nosso querido Supertubos estiver de gala, ai ai Andy a levar mais um trofeu para casa.
E ainda temos Pipe...

PS: Diogo, tu que estas mais por dentro destas coisas,(sem querer fazer comparações), no ano em que o Kelly regressou, ganhou alguma etapa?

abrc

Diogo Alpendre disse...

Olá Pedro,

Se Supertubos estiver de gala, muitos podem levar o título. Andy é um deles, claro :)

Percebo o teu P.S e é muito pertinente, sem dúvida. A questão é que tem uma armadilha.

Supostamente, o Kelly retirou-se no final de 1998, quando se sagrou campeão do Mundo pela 6ª vez.
Mas em 1999, ele ganhou o Pipeline Masters (mas em 1999 não está classificado no ranking da ASP desse ano).
Em 2000, novamente sem estar classificado no ranking da ASP, o Kelly venceu Teahupoo.
Em 2001, ano dos atentados do 11 de Setembro, o Kelly não ganhou nada mas também só houve 5 eventos, exactamente por causa do World Tour.
Em 2002, já classificado nos rankings do World Tour (portanto pode ser considerado o ano do regresso..), o Kelly não venceu nada. Contudo, també, não fez todas as etapas do Tour...
Em 2003, novamente classificado nos rankings do World Tour e ter feito praticamente todos os eventos (11 em 12), o Kelly venceu quatro etapas: Teahupoo, J-Bay, Mundaka e Santa Catarina. Pelo facto de ter corrido praticamente todas as etapas, talvez seja mais...legítimo, considerar este o ano do regresso do KS9.

De qualquer maneira, e para facilitar a resposta, 2002 é considerado o ano do regresso do Slater ao Tour e em 2002, bnão ganhou nada.

Desculpa a complexidade da resposta eheheh.

Abraço

Diogo aqui do blog

Pedro disse...

Alo Diogo,

Referia-me ao ano de regresso ao tour, 2002.

Apenas queria abordar a questão de que o mais provavel será o Andy regressar ou ultrapassar a sua performance habitual mais cedo do que se pensava.

Que o "come back" do kelly seria uma questão de tempo, poucos duvidavam disso.Tal como referes, enquanto esteve ausente, fez umas etapas e ganhou-as.
Mas depois demorou um ano e tal a acontecer após o regresso ao tour.

Já o "come back" do Andy, ditou muitas duvidas para muitos, talvez até para o proprio Andy.
O Andy estava em cinzas e esta etapa de Teahupoo, a 4ª do ano de regresso, pode ter sido a sua tabua de salvação e simultaneamente de lancamento para voos mais altos.
Hope so! Pode ser que assim o kelly se sinta novamente desafiado pelo mesmo gajo e fique por mais uns tempos, seria bom,
mas acho contudo que assim que ganhar ao Jordy o titulo, arruma a viola no saco e se vai embora de vez. Pelo menos a tempo inteiro no tour.

Amanha vão dar umas na costa.
Praia do Norte de manha.
Show up!!

abrc

Diogo Alpendre disse...

Olá Pedro,

Sim, concordo contigo. O Andy está a voltar e a uma velocidade absurda, para espanto de todos.
Ele provou o sangue, vamos ver como vai reagir agora. Ele é muito parecido com o Slater, se provam, vão atrás do resto. Vamos ver como vão todos, todo o Top 10 do Tour até, reagir.

Eu também duvido. Eu acho que o Slater ganha o 10º, seja quando for, e balda-se do Tour, full-time pelo menos (como dizes).

Vou tentar dar um saltinho lá à Costa..mas não garanto. Temos que combinar uma "surf talk" para breve ;)

Abraço

Diogo aqui do blog