29/06/2010

Mistura e fusão? Inovação

Com tanta conversa à volta do surf progressivo e inovador, por oposição ao surf power e de linha, quase nos esquecemos que por vezes, os conceitos misturam-se, exploram-se, fundem-se. Neste vídeo, Clay Marzo funde progressão com power, como poucos o sabem fazer. O seu surf pode parecer repetitivo mas uma coisa é certa: este menino brinca com os pré-conceitos do "surf" como um escritor brinca com as metáforas ao escrever um livro. (dêem tela cheia nisto!) (fonte)

26/06/2010

Entrevistas da Surfing World a Chris Davidson e Owen Wright

Bom, há uns dias atrás fiz um editorial sobre a entrevista e o acto de entrevistar. O editorial desta semana era suposto ser novamente e a pedido de um seguidor do blog, sobre entrevistas. Contudo, a folha ficou em branco e o texto não saiu.
Um dos comentários nesse editorial, do NL, pedia que eu dissesse alguns jornalistas (do mundo do surf e de fora dele) que, na minha opinião, façam boas entrevistas. Enquanto o editorial não sai (acreditem que eu continuo a tentar escreve-lo), deixo-vos aqui duas entrevistas da Surfing World (revista extremamente recomendável..). É um início de resposta ao NL.
A primeira é de Sean Doherty a Chris Davidson. Sean Doherty é um dos jornalistas de surf mais conhecidos do mundo do surf e, na minha opinião, um dos melhores. Gosto da sua objectividade nos assuntos e na abordagem (quase sempre) "no limits" que transparece das suas entrevistas. Esta entrevista a Chris Davidson é um bom exemplo disso. "Davo" foi (é?) um prodígio do surf australiano que, tal como muitos da sua geração, teve demasiado cedo demais. Perdeu-se entre a má vida e foi durante muito tempo um dos "bad boys" do Tour. Este ano está a ter o melhor ano no WT da sua carreira e Doherty fala com ele sobre isso. Podem ler a entrevista, aqui.
A segunda entrevista é de Remi Chauvin (que eu confesso desconhecer; sei apenas que para além de escrever, fotografa) a Owen Wright que, penso, dispensa apresentações. Nesta entrevista, Chauvin faz perguntas no sentido de averiguar o ponto de situação da vida de Wright, o que ele tem feito, a sua opinião sobre o WT, entre outras coisas. Podem ler essa entrevista, aqui.

Como já é habitual aqui no blog, deixo-vos duas passagens das entrevista.

Entrevista a "Davo"
"You look at guys who have blossomed late in their careers – guys like Kelly, Occy – they had time away from the tour and they had to face some low points to have that success. Same with you?
I think when I was young I was a bit stupid and naïve. I got too much, too young, and I took advantage of it and was lazy. I was having too much fun and it turned to greed and I didn’t give a fuck about others that much. I should have stayed on the path a little more instead of veering off it, sure. I would have loved to stay on that straight path, but that would have meant I wouldn’t be so focused now. I needed to have those low points to slap me in the head and tell me to prove it to myself, prove it to everyone else. But in saying that, a nice straight path from the start might have been a lot easier [laughing]. I’ve taken the long winding road but I’m finally getting there."
Entrevista a Owen Wright
"You made a big impact as a wildcard last year, do you think that helped gained some respect from the older guys?Probably. I got a few results, so that might have helped me get respect. Maybe it didn’t, I’m not sure. But it’s much harder actually being on the tour than surfing as a wildcard where you don’t really have much riding on it. Being on the tour, especially having this cut-off, there’s so much more riding on it. And I guess when it was game time in the two first events, I wasn’t really ready for how much I would feel it."

24/06/2010

Matinal de Parko

Eu sei que supostamente o Estado dourado é a Califórnia. Contudo, este vídeo do Joel Parkinson a surfar em Snapper's, numa bela manhã de Inverno, mostra-nos que há mais ouro na Austrália para além das ondas. Pensem quão bom deve ser surfar ali. Ser este o vosso spot, a vossa praia.
Ainda no vídeo, podem ver o Parko a partir a loiça ondas muito razoáveis e a mandar tubos em ondas que quase não o são. (fonte)

23/06/2010

Flynnstone Flip

Pum! O aéreo que marcou a última ronda do Innersection explicado pelo seu criador, Flynn Novak. A pergunta que faço é a mesmo que o Slater fez quando viu a entrada de Novak na ronda de Primavera do IS: "Como é que ninguém viu este gajo a treinar isto?!" É um aéreo e tanto! (fonte)

22/06/2010

Vem Outubro, vem! - nova crónica na SurfPortugal

Mais uma, desta vez sobre o cada vez mais próximo campeonato do WT em Peniche, em Outubro.
Leiam a crónica, aqui.

Porque o surf também é rir, aqui vão dois vídeos de rir e chorar por mais!

Este vídeo é só rir, a sério. É uma colecção de wipeouts em filmes de surf desde 1963 até 2005. Neste vídeo, não só encontram wipeouts de filmes clássicos como Walk On The Wet Side e The Endless Summer como de filmes mais recentes como o Stepping Stones e o Campaign. Tem verdadeiros momentos de brilhantismo, a sério. Tomem atenção ao minuto 1:15 e ao 3.23. A malta ri-se mas se fôssemos nós...

Este outro vídeo, também muito humorístico (pelo menos agora no século XXI e ano 2010), é um anúncio dos anos 80 da Quiksilver, protagonizado pelo australiano vencedor do Quiksilver Big Wave Invitational in Memory of Eddie Aikau em 2001, Ross Clarke Jones. Uma pérola da publicidade do surf, mesmo. 

21/06/2010

Malia Manuel surfa mais que tu (e eu!)

Não sabem quem é? Ai ai.. É uma surfista havaiana, da ilha de Kauai (a mesma dos irmãos Irons e de Alana Blanchard) super talentosa e de 16 anos que em 2008, na altura com 14 anos, venceu o 6* U.S Open em Huntington Beach. No ano a seguir, no mesmo evento, ficou em 2º lugar e ainda venceu o Nike 6.0 Junior Pro.Sim, ela parte a loiça e de uma maneira muito à frente para a idade dela!
Mas para ficarem mesmo convencidos, tomem lá um vídeo da "garota" a surfar e falar um pouco sobre si. (e sim, ela surfa mais que eu e tu!)(fonte)

18/06/2010

Freddy P em entrevista ao Surfline

No seguimento do editorial imediatamente abaixo deste post, deixo-vos aqui uma excelente entrevista do Mike Cianciulli do site Surfline ao Freddy P, o carismático havaiano do Tour. Podem ler aqui mas primeiro abram o apetite com alguns dos excertos da entrevista que aqui deixo.

"Some people don't think that Bede Durbidge has World Title potential, but on any given day that guy will smoke more than half the people in the world. A lot of us will that are on tour."

"We're also losing out on our only Portuguese surfer [Tiago Pires], if he doesn't make it, a few French guys, a few international guys...and we're an international sport, so I think we might lose a bit of our international appeal cutting the numbers."

"You got to know your way around small surf and big surf. I think that's why competitive surfing has the true guys that are the best in the world because they can do it all. But it is cool to watch these kids do flips and sh*t."

"I think half the guys that are video surf stars can't even do a decent bottom turn, can't do a decent top turn, and can barely pull into the barrel. You'll see these videos and onshore is the new offshore. Basically, small waves are the new big waves unless you're a big wave surfer guy like Greg Long."

17/06/2010

7º editorial do blog - Entrevistas

Não sei se isto é algo inerente a ser estudante de jornalismo mas, no meu caso, é: cada vez mais me apercebo da importância das entrevistas e, consequentemente, gosto cada vez mais de as fazer.
Mais, a cada dia que passa me apercebo de que as entrevistas são das coisas mais difíceis que qualquer pessoa pode fazer. Felizmente (obrigado) pude fazer várias entrevistas nos últimos tempos, bem como assistir e ler várias, o que tem sido uma aprendizagem não só trabalhosa mas, sobretudo, muito enriquecedora. Não só no meio do surf mas este está também incluído.
Se as pessoas não-jornalísticas soubessem o trabalho que envolve qualquer entrevista, acredito que respeitariam muito mais os jornalistas.
Não venho lavar a roupa do jornalismo aqui nem nada do género, quero só mesmo dizer que as entrevistas implicam trabalho, muito. É tudo por hoje. Obrigado.

Diogo Alpendre

O fim da estrada

É que até parece fácil... É que é tão perfeito! A sério, metam de lado o drop aterrador e o coral a meio metro da prancha (se conseguirem) e olhem para Teahupoo. Não parece fácil? (fonte)

Balinvasão

Sim, acabei de inventar a palavra. Querem conhecer a definição por detrás do conceito? Leiam este texto na Surfing Magazine, da autoria do muito engraçado Nathan Meyers.

P.S. Eu bem tentei arranjar uma fotografia citadina da ilha de Bali mas o Google Images não ajudou..

16/06/2010

Surf para todos

A vida é injusta. Prega partidas, partidas que doem e custam, partidas que divertem e alegram. Uns vencem, outros não. Uns desistem, outros não. Jesse Billauer (Life Rolls on) não desistiu depois de uma partida, de mau gosto, da vida e continuou a surfar, dentro dos seus próprios limites e graças à ajuda dos seus amigos (Rob Machado por exemplo..). Graças à Nike e à Channel Islands, conseguiu-se fazer uma prancha eléctrica, de auto-moção, para que Jesse (e outros surfistas que também sejam paraplégicos ou tetraplégicos) possam surfar mais facilmente. Aqui fica o vídeo.

14/06/2010

O surf feminino está cada vez melhor, não só dentro de água, como fora

Não acreditam? Vejam os dois vídeos (da Red Bull) que se seguem..

Ora, este vídeo é de um "surf camp" Girls Only que a Red Bull fez no Perú, com o objectivo de ajudar a sua team feminina (com excepção da Carissa Moore) a tornar o seu surf mais inovador e progressivo. Vão achar surpreendente o cada vez maior nível de surf feminino. Destaques: aéreo de frontside da Sally Fitzgibbons, reverse da Nadia Del Col, tailwaft reverse da Sally Fitzgibbons.

Ora este segundo vídeo, mais focado no surf fora de água, é também da Red Bull e no Perú. Retrata uma sessão fotográfica com Maya Gabeira (!), Sally Fitzgibbons (!!), Sofia Mulanovich e Nadia Del Col. A ideia foi tirar as surfistas da sua zona de conforto, ou seja, o surf, e colocá-las em outras situações/ambiente/profissões. Destaques: Sally Fitzgibbons e Maya Gabeira, ambas "über sexy". (reparem bem nos olhos da Sally no "still" do vídeo em baixo!)

Yeomans entuba..?

O rookie do WCT deste ano, Nate Yeomans, demorou o seu tempo a chegar à Liga à sério, ainda não teve nenhum resultado expressivo por lá e o mais provável é ele sair já no corte após Teahupoo. Mas os resultados competitivos não devem ser os únicos factores de análise de talento de um surfista (pensemos no Bruce Irons por exemplo..) e também o que um surfista é capaz de fazer sem a pressão da lycra deve ser tido em conta e no caso de Nate, é o que mais deve ser tido em conta (o seu melhor resultado competitivo de sempre foi a vitória no 6* de Santa Cruz na Califórnia o ano passado). Como bom californiano, Yeomans domina tudo o que é onda pequena, mandando aéreos e atacando as junções com power e rapidez. Segundo os irmãos Gudauskas, amigos de Nate, este último sabe entubar e bem, e deixam um vídeo para o mostrar, sendo que é esse o vídeo que aqui vos deixo. Se de facto Nate tiver faro para tubos, e como é goofy-footer, Nate Yeomans pode ser um nome a ter em conta para Teahupoo. Para já, avaliem o talento do surfista patrocinado pela Rusty vendo este vídeo.. Será que Nate Yeomans será "darkhorse" em Teahupoo?

"Clay Marzo Show" continua

A continuar a recente vaga de clips do Clay Marzo a ripar em esquerdas (aparentemente) coca-colas, mais um vídeo do havaiano, desta vez numas das ilhas do Velho Continente, as Ilhas Canárias. Digam lá, haverá alguém no Mundo que consiga rivalizar com Marzo nestas esquerdinhas? Desconfio que nem Medina, nem Jadson, nem Ry..

Mark Richards, agora e sempre, um dos meus surfistas preferidos

Olhem o estilo, a radicalidade, a actualidade, a graciosidade! Nos anos 70! Em single-fins! O Slater diz que ele próprio não conseguiria fazer o que aquela malta dos anos 70 faria! O Slater! O Mark Richards!
Sim, o Mark Richards é dos meus surfistas preferidos e garanto-vos que um dia hei de ter uma prancha shapada por ele. (vejam bem o chuto de tail que MR dá no início do vídeo!)

11/06/2010

Tubo ou aéreo, a escolha é vossa - 6º editorial do blog

Na minha outra casa de escritas digitais, está agora um texto que é, também, o 6º editorial deste blog. Deixo-vos aqui um pequeno excerto desse post/crónica/editorial. O resto, já sabem onde podem ler.
"Será o aéreo o novo tubo? Foi com esta pergunta a pairar na cabeça que saí da água numa das minhas últimas surfadas. Sinceramente, tal coisa já me tinha passado pela cabeça mas sempre pensei que fosse uma ideia absurda, quase ridícula. Quem trocaria os tubos por o que quer que seja? Mas quando saí da água no outro dia, descobri que há surfistas, principalmente entre os mais jovens, para quem a resposta não é tão óbvia. A conversa entre dois jovens "compinchas" ia neste sentido (não me lembro das palavras exactas):

Continuem a ler aqui "

09/06/2010

Islândia no Castles in The Sky - o teaser

Já não basta estar absolutamente louco por ver o novo filme de Taylor Steele, Castles in The Sky, (ue faz parte do Sipping Jetsreams). Já não basta isso e para aumentar a espera/ansiedade, estes gajos ainda lançam um "teaser" da parte que mais quero ver: Dane Reynolds, Timmy Curran e Dan Malloy a partir a loiça num dos frigoríficos naturais do Mundo, a Islândia. Fogo pá.. (fonte)

Silvana Lima vence o Movistar Peru Classic!

MOVISTAR PERU CLASSIC FINAL RESULT:
1 -
Silvana Lima (BRA) 16.50
2 - Sally Fitzgibbons (AUS) 10.77

MOVISTAR PERU CLASSIC SEMIFINAL RESULTS:
SF 1:
Silvana Lima (BRA) 11.77 def. Stephanie Gilmore (AUS) 11.00
SF 2: Sally Fitzgibbons (AUS) 14.60 def. Sofia Mulanovich (PER) 11.56

MOVISTAR PERU CLASSIC QUARTERFINAL RESULTS:
QF 1:
Silvana Lima (BRA) 13.43 def. Claire Bevilacqua (AUS) 11.23
QF 2: Stephanie Gilmore (AUS) 11.86 def. Paige Hareb (NZL) 10.50
QF 3: Sally Fitzgibbons (AUS) 15.27 def. Coco Ho (HAW) 13.70
QF 4: Sofia Mulanovich (PER) 14.14 def. Chelsea Hedges (AUS) 13.43

Current ASP Women's World Tour Top 5 (After Peru):
1 -
Stephanie Gilmore (AUS) 4716 pts
2 - Sally Fitzgibbons (AUS) 4224 pts
3 - Silvana Lima (BRA) 3612 pts
4 - Sofia Mulanovich (PER) 3588 pts
5 - Chelsea Hedges (AUS) 3180 pts

(fonte ASP)

08/06/2010

Um dos melhores vídeos de surf, de sempre

E não vou dizer mais nada para não estragar nada. Um dos melhores vídeos que alguma vez vi e pus no blog. (fonte)

Os míudos australianos da Quiksilver..

...fazem umas ondas, não acham? Ah, não os conhecem? Então vejam este teaser de (mais) uma websérie que vai ser, desta vez centrando-se sobre uma viagem que os groms da equipa da  Quiksilver australiana fizeram à Nova Zelândia..

Chippa Wilson fala sobre Landscape Altered

Com a webserie acabada, começam a sair as primeira entrevistas e reflexões dos intervenientes sobre a mesma. recentemente, Chippa Wilson falou à Surfing World sobre o projecto, como se sentiu por estar nele e mais uma série de coisas que vale muito a pena ler. Deixo-vos em baixo um cheirinho da entrevista que depois poderão ler toda, aqui.
(na fotografia, Chris "Chippa" Wilson a mostrar que não são só os Mods que sabem inverter a prancha)

"SW: So Landscape Altered is finished now,  it was a big step for you to be included in this thing. How do you feel it went?
CW: Yeah when I got an email off my manager and I heard about it I was fucking tripping. I never thought I'd be involved with all those dudes hey."

"The other day Dane Reynolds chatted to SW and he said Landscape Altered makes him feel rusty. You'd have to think a lot of the 44 would be feeling the same. Are you aware of the effect these clips can have on the world's best surfers?
Nah he didn't say that man. He'd be laughing at us.
He did. It's true.
Really? No way, that’s sick!"

Clay Marzo está em altas!

Depois da webserie Landscape Altered, mais uns vídeo com Clay Marzo como estrela principal. Desta vez é só o menino a "brincar" numa onda com um aspecto...não tão apetecível assim (já viram como aquele fundo está próximo?). Mesmo assim, Marzo não se intimida e surfa como se não houvesse amanhã..

05/06/2010

5º Editorial do blogue - "O não editorial".

É verdade. Sim, eu sei. Eu sei! Eu tinha dito que faria editoriais de quinze em quinze dias e não estou a fazer. Peço-vos desculpa por isso mas a verdade é que não tenho tido tempo..ok! Estou a mentir! Tenho tido mais que tempo..se não tivesse tempo, não postava aqui, nem ali. Então, o que se passa?

Bom, todos vocês conhecem, de certeza, "Os Simpsons", certo? E conhecem, entre as várias personagens da fantástica série, o Mr.Burns, certo? Não, não ando transformado em rico, elitista e cruel vilão.

O que se passa, é isto. Substituam doenças por temas e chegam lá. Tenho tantas coisas sobre as quais quero falar e opinar (o roubo da selecção portuguesa no Eurojunior, Andy Irons, Dane, Kelly, o novo critério, os novos média, etc etc etc..), que acabo por não falar de nada. Eles anulam-se uns aos outros, querem todos ser debatidos e fica tudo na mesma, não saem.

Usar os Simpsons como metáfora e justificação para as minhas falhas? Rebuscado, divertido mas...não cola, não é?

Pois. Assim e cabisbaixo, destroçado, humilhado, garanto-vos que os editoriais vão voltar, mesmo "à séria" e semanalmente, a começar já na próxima....quarta feira, combinado?

Abraço a todos e obrigado por (ainda..) passarem aqui.

Diogo aqui do blog

04/06/2010

Go Protugal!

Como diz o Manuel Castro do Ondas, "dois minutos e vinte segundos. É o tempo que dura a melhor curta de surf que já foi feita em Portugal. Obrigado Alex Botelho.".
E não é preciso dizer "mai nada"!

O novo critério..

A continuar a recente orgia de vídeos que tem assolado aqui o blogue, deixo-vos agora um vídeo sobre o Novo Critério de Julgamento da ASP. Este vídeo foi filmado durante o Nike 6.0 Prime em Trestles, evento que permitiu, como nenhum outro o fez, testar ao limite o novo julgamento. Aqui ficam as ideias sobre o critério de Cory Lopez, Eric Geiselman, Jordy Smith e Freddy Pattachia.

Se algum dia aterrar um destes, acho que parto os joelhos..

O amigo Slater a mostrar, na sua nova coluna, online e impressa, de surf tips na Surfer, como se manobra com um crowd desmedido. Mas reparem na brutalidade da manobra... (fonte)

03/06/2010

Uma das histórias do ano

Está de volta ou não está de volta? O que vos diz este vídeo? É O Andy Iros ou é o Andy Irons? Slater treme ou não treme? E a coca-cola, já saiu do sistema? (fonte)

01/06/2010

Landscape Altered Episode 4

Chegou ao fim a brilhante webserie de Kai Neville. Como os americanos diriam, termina com um bang. É um autêntico show de inovação, progresso e radicalidade. Modern Collective e Landscape Altered trouxeram ao Mundo o conceito de "power air" (leram-no aqui primeiro!). Vejam o episódio e desmanchem-se...se é a rir ou a chorar, é lá com vocês. Mas uma coisa é certa, é impossível ficar indiferente ao movimento Kai Neville. (fonte)
 
Landscape Altered - Episode 4 from Kustom Airstrike on Vimeo.

Shipsterns por dentro

Já todos ouvimos falar e vimos vídeos da infame onda da Tasmânia, Shipsterns Bluffs (quem não ouviu ou queira saber mais, siga este link). Os tubos que proporciona são intensos, os degraus com que "premeia" os aventureiros surfistas que lá surfem são conhecidos no mundo da construção de degraus e os wipeouts são daqueles que fazem rir quem não sabe nada de surf e está a ver o "Olhó Vídeo" e tremer quem faz surf e percebe a potência daquilo.
Uma dúvida que sempre se gerou na minha cabeça a ver os vídeos da onda Tazzie, foi como será ver aquilo de dentro, como será surfar aquele tubo? Pois o Mark Mathews deve ter capacidades telepáticas, leu o meu pensamento, pegou na sua Go-Pro e foi surfar aquilo, ao mesmo tempo que filmava. Vale a pena ver, evidentemente (embora não se note o degrau pelas filmagens..afinal estavam "só" 8pés), pela qualidade do tubo, pela cor do pôr-do-sol e pela música dos aceitáveis "The XX" a acompanhar o vídeo.

Rob Machado na Vogue com Blake Lively, parte 2

Depois das fotografias, o vídeo. Vá, digam lá, quantos de vocês se importavam de partilhar o lineup com uma loira destas?

O verdadeiro set vassoura

Lembram-se daquela vez em que estavam a surfar e de repente veio um set, vocês apanharam com ele em cima e consequentemente foram varridos quase até à areia, sempre a pensar que aquela era a maior tareia que já tinham apanhado? Pois bem, reconsiderem isso e vejam este vídeo. (fonte Tracks)
 
P.S. Sets vassoura em surf "big waves" excluídos :)