29/05/2010

Ainda hoje..

Ainda hoje a primeira onda do CJ Hobgood na sua parte no filme de Taylor Steele, "Campaign 2" me dá arrepios e me surpreende como se fosse a primeira vez que a visse. (desculpem o vídeo mas foi o único razoável que encontrei com a prte do CJ no filme)

3 comentários:

Anónimo disse...

Caro Diogo,

começo por tecer dois elogios à tua pessoa: primeiro, acho notável a tua dedicação à escrita, ao surf, a este blogue, especialmente vinda de um tipo tão novo como tu; segundo, já tive ocasião de perceber que és um gajo aberto à crítica construtiva.

E é isso mesmo que aqui vou fazer. Não obstante tudo o que disse no primeiro parágrafo, há uma coisa que me desgosta bastante neste teu espaço, tão bem conquistado. O facto de escreveres, cada vez mais, em "brasileiro" ou, para os mais politicamente correctos (que não é o meu caso, porque entendo serem duas línguas somente parecidas), em português do Brasil.

Este é um blogue português, feito por um português e, como tal, julgo que deverias manter-te fiel a isso. Só tens a ganhar! Qualquer brasileiro que interaja contigo neste espaço deverá adaptar-se ao português que criou a sua própria língua.

Perdoa-me a intromissão, mas senti que o devia fazer.

Um abraço, keep up the good work!

João Freire

Diogo Alpendre disse...

Olá João!

Antes de mais nada, obrigado pelos elogios :) e sim, confirmo-te que sou um gajo aberto à crítica construtiva e até a aprecio e agradeço.

É óbvio que não sabes o que te vou dizer, por isso vou-to dizer. Eu preocupo-me imenso com essa questão do escrever português e não português do Brasil. Mas tem sido difícil, principalmente aqui no blog e no meu twitter. É que a maior parte das pessoas que vem ao meu blog e twitter e interagem comigo, são brasileiros pelo que também é uma questão de cortesia para com eles. Se houvesse mais portugueses a interagir comigo, não seria tão dramático.

Mas eu vou ter essa preocupação no futuro, vou escrever português de Portugal, vale? Obrigado pela crítica. Já agora, aproveitando a deixa, podes-me dar alguns exemplos deste meu "erro"? Para ver e corrigir, aprender corrigindo :)

Obrigado João!

Abraço

Diogo aqui do blog

Anónimo disse...

És um gajo porreiro! :-)

Ainda bem que tens um espírito desportivo... Não te vou dar exemplos, porque estou certo que tens absoluta noção das alterações que fazes em prol da tal cortesia aos brasileiros.

No final do dia, o blogue é teu e tu é que sabes o que é melhor para este e para ti, enquanto escritor e futuro jornalista.

Mas, se me permites o conselho, deixa os brasileiros adaptarem-se, porque lá não tens ninguém a tentar escrever como nós, só para te facilitar a vida.
E, acima de tudo, estou firmemente convencido que temos que defender o nosso português, que criou isto tudo, porque ele tende a desaparecer (graças às manobras políticas).

Um abraço e, keep up the good work! ;-)

João Freire