27/02/2010

Dusty Payne

O poder das entrevistas é este, pegar no entrevistado, abrir-lhe o corpo e tirar um pedaço de alma para expor ao mundo. Os bons entrevistados, sabem o que devem dar e como devem dar. Os bons entrevistadores, sabem o que hão de procurar. É um constante pescadinha de rabo na boca, o entrevistador que quer perguntar uma coisa mas não pode e o entrevistado que não quer responder a certas coisas. Mas por vezes, há excepções. Não sendo uma entrevistas por aí além, a recente entrevista de Dusty Payne ao Surfline parece ser uma entrevista honesta e reveladora. Só por isso (hoje coisas raras) já vale a pena lê-la. Dêem uma olhada, surpreendam-se com o facto de Dusty Payne ter Diabetes Tipo 1 e mesmo assim, surfar..assim. Leiam tudo, aqui.

Sem comentários: