30/12/2009

É o Saca? É o Saca - Atenção, isto não é jornalismo

As fotografias das festa do título mundial de Mick Fanning no Havai, via http://surf.transworld.net/photos/mick-fannings-north-shore-victory-party-pics/

P.S. Carreguem nas fotografias para as ampliar ou então vão ao link no início do post.

2009 em retrospectiva

Do Surfline.com, um artigo assinado pelo "editor in chief", Marcus Sanders, as 10 histórias mais importantes de 2009 para esse mesmo site. Passando pelo Eddie, a corrida ao título, Steph Gilmore, o Rebel Tour, as 10 GRANDES histórias/acontecimentos/notícias de 2009, estão no link que se segue:  http://www.surfline.com/surf-news/the-year-in-review---the-ten-most-important-stories-of-2009_39748/1/ 

Também a revista Transworld Surf fez uma selecção "pessoal" das 10 histórias mais importantes de 2009 que pode ser vista no link que se segue. Desde Alana Blanchard ao inevitável Mick Fanning, vários tipos de história estão na lista desta revista: http://surf.transworld.net/features/top-10-stories-of-2009

É esperado que as outras revistas mundialmente (e nacionalmente) importantes façam este mesmo tipo de lista. Quando saírem, podem ter a certeza que as vão encontrar neste mesmo blog.

Análise de 2009 e expectativas para 2010 - Chris Mauro e Ian Cairns

Pois bem, o norte-americano Chris Mauro, ex-Editor in Chief, da americana Surfer Magazine e agora a trabalhar para a Grind Tv, convidou Ian Cairns, fundador da ASP, membro do contingente australiano que "assaltou" o Havai no início dos anos 70 e "coach" da Team Nacional americana, para fazer uma análise retrospectiva do ano de 2009, com incidência no WCT e WQS masculinos. Uma análise atenta, interessante e bastante realista, de duas pessoas que percebem muito de surf e são respeitadas internacionalmente..

Kelly Slater, Jordy Smith, Cory Lopez e Jason Miller em Trestles

Enquanto as nossas praias são arrasadas por inúmeros swells que não nos permitem surfar, alimentemos a mente com um dos vídeos mais brutais que vi nos últimos tempos (este vídeo é de 2008). Neste vídeo do site Wetsand, os surfistas cujo nome está no título, destroem uma das ondas mais "rippabale" do Mundo, Lower Trestles, que aqui aparece com direitas de gala. A sério, este vídeo vale mesmo a pena ver.

Claire Bevilacqua

Que o surf feminino mudou, já todos percebemos. Os aéreos já fazem parte do repertório das surfistas mais jovens, bem como alguns manobras de tail e quilhas para fora. Uma das mais "velhas" senhoras a fazer este tipo de manobra é esta australiana que em 2010 vai estar de volta ao WWT e que neste vídeo apresenta um seu dia normal, num dos locais onde vive durante o ano, a Califórnia. Três surfadas, alguns aéreos, alguns chop-hops, sumos mixórdia, o vídeo tem de tudo. Dêem uma olhada.

Quão divertido deve ser surfar Rincon?


P.S. Desculpem a publicidade no vídeo, faz parte do "player" e não dá para eu tirar. Façam vocês "close" no topo superior direito do "player" do vídeo.

Jesse Merle Jones em Pipeline

Hoje, no seu twitter, o havaiano "powerhouse" Jesse Merle Jones, disse que esta onda foi a sua melhor de 2009. O que é que acham? Acham que a onda vale esse "título"? A minha opinião é que é uma bomba..

29/12/2009

Stephanie Gilmore - sucesso e talento


Como tem sido hábito das marcas de surf, um vídeo-tributo ao ano competitivo do sucesso dos seus atletas. Neste caso, um vídeo da australiana Stephanie Gilmore, da Rip Curl, relativo ao fresquíssimo terceiro título mundial.



Ah, esqueci-me de uma coisa, reparem no "sucesso matemático" da Happy Gilmore (fonte: aqui):

"Here's a few more Steph stats thanks to ASP stat-a-holic, Mike Newman:

Steph’s career had seen her win 13 events from her 31 starts, this sees her winning 42 per cent of all the events she has surfed.

Compare this to Kelly Slater, the best surfer of all time. Kelly has won 41 events from his 182 starts, which is a 23 per cent strike ratio.

Stephanie’s career has been a dream run equaled by no man or woman before her in ASP history.

31 events .. 110 heats .. 92 wins .. 84 per cent win ratio .. 14.43 average score.

13 x 1st
4 x 2nd
3 x 3rd
3 x 5th
8 x 9th
0 x 17th"


3 anos no WWT, 3 títulos mundiais, 2as Vans Triple Crowns, 13 etapas do WWT ganhas (duas das quais como wildcard, ou seja, sem estar no circuito).

E é a isto que eu chamo SUCESSO e TALENTO.

Surfar Waimea em Língua Portuguesa

Pelas palavras do surfista brasileiro Júnior Faria, daqui.


28/12/2009

Boulevard of Parko's Broken Dreams

Com certeza que todos vocês conhecem o conceito/ideia "Boulevard Of Broken Dreams" (ou, pelos menos, a música e letra, da canção com o mesmo nome dos Green Day). Derrotas, seja em sonhos ou na via real, são sempre uma coisa que custa ao ser humano. Aliás, a derrota e o "partir" dos nossos sonhos, é sempre algo que custa. Não há como negar isto. Até podemos assumir o mérito do vencedor, dizer que estávamos em mau momento, todo o tipo de desculpas, mas no fundo, não importa e todos nós o sabemos - um sonho a sério a desfazer-se, uma verdadeira derrota, é sempre doloroso, para dizer o mínimo.
Deve custar ainda mais quando perdemos após meio caminho auto-convencidos que a vitória era nossa. Já perceberam do que estou a falar, é óbvio - a derrota na procura pelo título mundial de Joel Parko.

Acaba por ter algo de justo, perdoem-me os fãs do australiano. Sempre foi o Mr.Nice Guy mas essa imagem contradizia com uma postura arrogante, superior, quase elitista que ia mostrando nas ruas do Dream Tour.. Uma postura um pouco Billabong até. Pois bem, este ano, foi a facada. A meio do ano, a vitória era do Parko, as t-shirts já estavam no forno, a Billabong arregalava os olhos. Arrogância de uma pessoa e de uma marca que já estão há tempo suficiente no negócio para perceber que não é assim que as coisas funcionam. E Fanning provou isso.

No seu último post, Parko assume a derrota, com o fair play com que tem sempre assumido, mas reconhece que o vídeo que nesse post deixa (e que também podem encontrar no fim deste post) era suposto ser sobre a vitória no título mundial, não sobre a derrota. Assumir coisas como garantidas demasiado cedo é....demasiado cedo. It might just turn out wrong, right? Right.

Mais ainda, o australiano Sean Doherty, conhecido jornalista e escritor de surf, andou atrás de Parko o ano inteiro com o objectivo de escrever sobre o (ou como queriam que tivesse sido, "O") ano de Parkinson no Tour. Um título mundial tinha sido melhor clímax para o livro que uma derrota, pelo menos aos olhos de Parko e Billabong. Nem se sabe se o livro vai sair ou não.

É simples:  "It's not over until it's over" e isto deve ser uma lição de vida (não querendo eu ser moralista ou pregador).

27/12/2009

Eugene

Pois bem, o alter ego de Mick Fanning, Eugene, saiu à rua no Havai, provavelmente para celebrar o seu segundo título mundial e felizmente, desta vez, alguém filmou essa saídinha. Riso garantido. Entretanto, ainda esperamos qualquer tipo de "prova" da saída de Eugene na doca Lisboeta depois do The Search. Para já, Eugene no Havai então.. (via http://blog.demonfactory.com/)

Power Rankings finais

E, tal como o título indica, aqui vão os Power Rankings do Surfline.com, sendo que estes são, obviamente, os últimos do ano. Em primeiro lugar está, obviamente, o Mick Fanning, seguido por Joel Parkinson em 2º e Bede Durbidge em 3º. Portanto, "aussie pride" no top 3. O nosso Tiago Pires está em 24º lugar.
Dêem uma olhada que vale a pena, mais não seja pelos comentários divertidos aos que ficaram nos últimos lugares da tabela..  
http://www.surfline.com/wct-contest-zone/surflines-power-rankings-post-billabong-pipeline-masters_39633/1/

26/12/2009

O heat do ano


É uma boa questão. Qual será o heat do ano ASP de 2009? Será o Mick vs Joel em Snapper's/Kirra? Será o Mick vs Michel Bourez em J-Bay? Será o Slater vs em J-Bay? Será Dane vs Sean Holmes em J-Bay? Será Slater vs Nic Muscroft em J-Bay ? Será Dane vs Knox em Trestles? Saca vs Slater em França? Picon vs Kerr em Pipeline?

O que acham? É uma dúvida séria, hein? E uma das últimas coisas que falta averiguar sobre o ano de 2009! Para além ser uma das últimas coisas que nos entretém, WCT-falando, até Março..

Bom, eu ainda não sei qual foi para mim o heat do ano mas já há quem saiba: Mas Ronnie Blakey, o  conhecido comentador e webcaster americano de maioritariamente eventos da Billabong, disse recentemente à Stab Mag, que para si, era o heat ente Mick e Joel em Snappers. Leiam porquê, aqui. Sem dúvida que é um dos heats que vai na linha da frente.. Foto: Joel Parkinson em Kirra, Stab Mag.

22/12/2009

Quem acha que o futuro do surf americano está em bons pés? Eu! (desde que o futuro não passe por tubos de backside....)


Ry Craike, Dino Adrian, Jay Davies e Taj Burrow em casa


Calendário do WCT e WWT de 2010

(fonte)
The 2010 ASP World Tour schedule is as follows: 

Quiksilver Pro Gold Coast, February 27 – March 10, 2010
Rip Curl Pro Bells Beach, March 30 – April 10, 2010
Hang Loose Santa Catarina Pro, April 21 – April 30, 2010
Billabong Pro Jeffreys Bay, July 15 – 25, 2010
Billabong Pro Teahupoo, August 23 – September 3, 2010
Hurley Pro Trestles, September 12 – 21, 2010
Quiksilver Pro France, September 25 – October 5, 2010
Rip Curl Pro Portugal, October 7 – 18, 2010
Rip Curl Pro Search, October 30 – November 10, 2010
Billabong Pipe Masters, December 8 – 20, 2010 

The 2010 ASP Women’s World Tour schedule is as follows: 

Roxy Pro Gold Coast, February 27 – March 10, 2010
Rip Curl Women’s Pro Bells Beach, March 30 – April 5, 2010
Taranaki Women’s Surf Festival, April 11 – 16, 2010
Commonwealth Bank Beachley Classic, April 21 – 26, 2010
Movistar Peru Classic pres. by Rip Curl, TBA
Rip Curl Pro Portugal, October 7 – 11, 2010
Rip Curl Pro Search, October 30 – November 4, 2010
Gidget Pro Sunset Beach, November 24 – December 6, 2010
Billabong Pro Maui (Tentative), December 8 – 20, 2010

19/12/2009

O futuro da ASP - o "one-ranking system" finalmente explicado (por mim..)

Malta, isto nos próximos dois anos vai ser relativamente complexo no que toca à relação WQS-WCT e subidas e descidas. Eu, finalmente, consegui perceber isto. Calculo que ainda haja por aí muita malta boa sem perceber isto, pelo que eu vou deixar aqui uma explicação de como as coisas se vão processar. Então,

Em 2010,
- Nos primeiros 5 eventos do WCT, o formato que funcionou durante 2009, vai continuar a funcionar. Ou seja, nos primeiros 5 eventos, cada etapa terá 48 (45 +3 wildcards) surfistas.
- Depois dos 5 primeiros eventos, os 12 últimos surfistas no WCT caíram deste circuito e voltarão ao WQS, ficando assim o WCT com apenas 36 (32 + 4 wildacards) surfistas. Assim ficará o WCT até ao final do ano.

Em 2011,
- Logo a partir do começo do ano, competirão apenas 36 surfistas. Esses 36 surfistas serão o Top 22 (com esse seeding) do WCT de 2010 e o Top 10 do WQS de 2010, mais 4 wildcards.
- Ao longo do ano, serão feitos vários updates do ranking único. O que isto quer dizer é que um surfista não terá que esperar até ao final do ano para subir do WQS para o WCT ou descer do WCT para o WQS. Com esses updates, será mais fácil subir e descer de circuito. As datas destes updates ainda não estão definidas e só o serão quando o calendário de 2011 estiver feito. Os surfistas que subirem ou descerem (ou até manterem o ranking) do WCT poderão ser sempre os mesmos visto que isto é tudo baseado num "one-ranking system". E aqui entra a parte complicada. É que para isto tudo funcionar, deixará de haver os pontos específicos do WCT e os pontos específicos do WQS como há agora em 2009. Passará a haver um sistema de pontos único (daí "one-ranking system) para WCT e WQS. O quadro em baixo (fonte SurfersVillage e modificado por mim) mostra a escala de pontos:
Vamos ler o quadro. Um 3º no WCT será o mesmo que uma vitória (1º) num 6* Prime, ou seja, equivalerá ao mesmo número de pontos. Um 9º lugar no WCT será ligeiramente superior a um 3º num 6* Prime. Por aqui, já devem ter percebido como funciona o "one ranking system". Portanto, os top 36 que serão os únicos autorizados a surfar os eventos do WCT, serão sempre aqueles que tiverem mais pontos no geral, isto é, serão os top36 no Mundo.

- Daqui já poderemos tirar algumas conclusões. Por exemplo, um surfista que tenha dois 33º nos eventos WCT no início de um ano, dificilmente poderá continuar a correr os eventos WCT após um update do "one ranking". Estão a perceber?

Este quadro que aqui mostro ainda não é fixo pois, segundo Brodie Carr, CEO da ASP, em entrevista ao site Surfline, "We need to give it a year [que vai ser 2010], 'cause we're not sure whether the points of a six-star prime is too high or too low; or whether a ninth on the world tour is too high or too low. There's going to need to be adjustments and we're not going to know that until September, when guys have about eight results."

Brodie Carr, ao Surfline, disse ainda, relativamente aos resultados necessários para ficar no WCT, "A six-star prime win will be roughly equal to a third on the world tour. Five stars and below aren't really going to affect much. Maybe a win on a five-star is something you might wanna keep, but you really need to be winning six-star and six-star prime events. A World Tour win is going to be worth 10,000 points, and everything else scales below that. A 17th and 33rd on the World Tour are going to be worth hardly anything. If you're scoring 17ths and 33rds, you're going to be off the world tour quick."

Estão a perceber? O que acharam desta explicação? Alguma dúvida? Façam o favor de dizerem o que quiserem, estão à vontade :) Para melhor compreenderem esta explicação, recomendo que leiam isto e isto.

18/12/2009

A nova bomba - Portugal com WCT em PENICHE em 2010!!!!!!!!!!!

Era de prever. Com o sucesso do The Search deste ano e Mundaka fora de tour, Portugal só podia ser o destino de uma nova etapa do Dream Tour na Europa.

A SurfPortugal já lançou a notícia (aqui e aqui) e Brodie Carr, CEO da ASP, confirmou-o em entrevista, ao site da Surfline (aqui). Brodie Carr também já avançou que esta não é uma licença Billabong mas sim mais uma licença para a Rip Curl. Fiquem com a confirmação de Brodie Carr:

"So the Mundaka event is officially off tour?
We've replaced it with the Rip Curl Pro Peniche. They're taken a new license, in addition to the Search."

Só me falta dizer uma coisa: YEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEES!

17/12/2009

Billabong larga evento do WT em Mundaka - é caso para dizer "Finalmente tiveram tomates!"

ASL (Australia's Surfing Life) lançou a notícia de um comunicado da Billabong em que é dito que esta marca vai deixar de fazer o evento do WT em Mundaka e não haverá mesmo a etapa na esquerda basca  já no próximo ano de 2010. 
A ASL refere ainda na notícia que Portugal é um dos locais em estudo  pela Billabong para receber um evento na Europa, muito por causa do sucesso do The Search em Peniche.

Aqui fica a notícia (fonte).

"This morning Billabong announced in a press release they'll no longer be running their World Tour event at Mundaka. 

"After 10-years at the location it was felt that Mundaka’s dependency on large swells and short tide windows to allow competition made it difficult for the event to be completed within the normal event waiting period."
This will come as a relief to the Top 45 who have made it clear over the past few years that although they love Mundaka when it's on, the back up venues of Sopelana and Bakio are far from Dream Tour standard waves. Given how fickle the famous left hander is, the event has been run at the back-up venues more often than not, occasionally deciding the world title.
Bong is on the hunt for another location for a European World Tour event, and given the continuing surge in Euro success, and the wonderful Search event thas was rn in Portugal this year, is optimistic of a good outcome.
"While there will be no Billabong world tour event scheduled for Europe in 2010,  the company is exploring a number of potential opportunities for elite world tour competition in the region for 2011." (fonte)

"The Drifter" - a estreia em Portugal

"No muito aguardado The Drifter, Taylor Steele e Rob Machado vacilam entre realidade e ficção, entre o surf e a narração. A estreia aconteceu esta terça-feira e a SP esteve lá.

Na passada terça feira dia 15 de Dezembro pelas 20h30m, decorreu na sala multiuso da Fnac do Cascais Shopping, a apresentação e estreia nacional do novo filme da Hurley e de Rob Machado, o "The Drifter". O filme ambiciona sair da esfera dos "dvds de surf" e relata a viagem à Indonésia que o stylemaster Rob Machado fez, focando os aspectos emocionais dessa viagem, como o contacto com crianças indonésias, a escavação de um poço numa aldeia e a história que envolve a reparação da sua motorizada.
Algumas dezenas de pessoas, incluindo caras conhecidas do surf nacional, como Miguel Ximenes, Nuno Telmo (principal patrocinado da Hurley em Portugal e R.P. de serviço), David Raimundo, Aécio Flávio, César Rosa e Alexandre "Xaninho" Ferreira, encontravam-se de olhos postos no ecrã onde o filme estava foi projectado. Entre as duas exibições do The Drifter, tocou a banda portuguesa apoiada pela Hurley, Triplet, que animou e preparou a audiência para a sessão que se seguia.

Em termos visuais e cinematográficos, The Drifter tem tudo o que se espera de um filme passado na Indonésia. O calor dos tons laranja, o mar aparentemente perfeito, a simplicidade das populações e as selvas magníficas compõem alguns dos motivos que levam não só Machado mas também grande parte da população surfista mundial a partir para "aquele" lado do Mundo."

Podem continuar a ler a reportagem aqui.

16/12/2009

Quão mais Mr.Nice Guy pode o Parko ser?

Depois do que escreveu no último post do seu blog, duvido que possa ser mais. Era bom que todos fizessemos um esforço para retirar algo da corrida ao título deste ano, principalmente das atitudes quer da Team Fanning, quer da Team Parko. O surf ainda não perdeu a sua essência. E não a vai perder se continuar a haver pessoas no seu meio, na indústria, que tenham o fairplay de Mick e Joel. Aqui fica um excerto do último post de Parko, post esse que pode ser lido aqui.  

"Have just switched my computer on for the first time in 48 hours and looked at the site and was totally overwhelmed. I read every word of every comment, and some of them had me in tears, fully brought me to tears. There were crew from Brazil, crew from South Africa, crew from Israel, as well as my friends from home, people from all around the world" daqui.

Sobre o WCT e WWT de 2010

Ambos recomeçam no dia 27 de Fevereiro e até dia 10 de Março, 2010, com o Quiksilver Pro Gold Coast e o Roxy Pro Gold Coast, respectivamente.

O WCT, tal como já tinha sido anunciado aquando da etapa do Tour em Mundaka, vai sofrer algumas mudanças que agora com o press release oficial da ASP já estão calendarizadas. Deixo aqui o excerto do press release relativo às mudanças nos circuitos: 

"The ASP Top 45 will be featured in the first five events of the 2009 ASP World Tour season before reducing the elite field down to 32 surfers. The 32 surfers will come directly from the top-placing members of the ASP Top 45."

Alinhamento do WCT e WWT de 2010

Ora já foi publicado oficialmente pela ASP o alinhamento do WCT e do WWT para 2010. A maior surpresa talvez seja mesmo no WCT com a inclusão de Neco Padaratz, graças a um "injury wildcard" e a exclusão de Gabe Kling que passou o ano lesionado e por um dos wildcards ter ido para Neco e o outro para Andy, ficou sem lugar. O outro "injury wildcard" foi para Luke Stednab que também passou o ano lesiobado. Aqui ficam então os alinhamentos (fonte ASP): 

ASP Top 27 (ASP World Tour)
Mick Fanning (AUS)
Joel Parkinson (AUS)
Bede Durbidge (AUS)
Taj Burrow (AUS)
Adriano de Souza (BRA)
Kelly Slater (USA)
C.J. Hobgood (USA)
Bobby Martinez (USA)
Damien Hobgood (USA)
Dane Reynolds (USA)
Jordy Smith (ZAF)
Taylor Knox (USA)
Tom Whitaker (AUS)
Kieren Perrow (AUS)
Fredrick Patacchia (HAW)
Dean Morrison (AUS)
Kai Otton (AUS)
Kekoa Bacalso (HAW)
Mick Campbell (AUS)
Chris Davidson (AUS)
Michel Bourez (PYF)
Ben Dunn (AUS)
Adrian Buchan (AUS)
Tiago Pires (PRT)
Jeremy Flores (FRA)
Roy Powers (HAW)
Drew Courtney (AUS)

Top 15 (ASP WQS)
Dan Ross (AUS)
Patrick Gudauskas (USA)
Jadson Andre (BRA)
Adam Melling (AUS)
Owen Wright (AUS)
Luke Munro (AUS)
Jay Thompson (AUS)
Nathan Yeomans (USA)
Dusty Payne (HAW)
Brett Simpson (USA)
Matt Wilkinson (AUS)
Tanner Gudauskas (USA)
Travis Logie (ZAF)
Marco Polo (BRA)
Blake Thornton (AUS)

ASP Wildcards:
Andy Irons (HAW)
Luke Stedman (AUS)
Neco Padaratz (BRA) 


E agora nas meninas..  

Top 10 (ASP Women’s World Tour)
Stephanie Gilmore (AUS)
Silvana Lima (BRA)
Sofia Mulanovich (PER)
Coco Ho (HAW)
Sally Fitzgibbons (AUS)
Melanie Bartels (HAW)
Chelsea Hedges (AUS)
Paige Hareb (NZL)
Rebecca Woods (AUS)
Rosanne Hodge (ZAF)

Top 6 (ASP WQS)
Jessi Miley-Dyer (AUS)
Carissa Moore (HAW)
Claire Bevilacqua (AUS)
Lee Ann Curren (FRA)
Bruna Schmitz (BRA)
Nikita Robb (ZAF)

ASP Wildcard
Amee Donohoe (AUS)

Tiago Pires requalifica-se para o WCT de 2010!

(resta saber quanto tempo vai ficar para o ano, com as mudanças que o WT vai sofrer...)

O Tiago "Saca" Pires requalificou-se em 24º lugar! O ranking final do WCT deste ano pode ser consultado aqui. O alinhamento do próximo ano ainda está por ser publicado oficialmente, juntamente com a atribuição dos "injury wildcards".

Taj vence o Pipemasters!!


Taj Burrow venceu há poucos minutos o Billabong Pipemasters! O australiano natural de Yallingup venceu na final, nada mais nada menos que Kelly Slater. Já na meia final tinha vencido Dane Reynolds. Esta foi a única vitória de Taj este ano e relançou o seu lugar no ranking para um agradável 4º lugar, atrás de Bede(3º), Parko(2º) e Mick(1º), mas à frente de Adriano de Souza (5º) e Kelly Slater (6º). O vencedor da Vans Triple Crown, pelo segundo ano consecutivo, é Joel Parkinson. O ranking final do WCT deste ano já está definido e pode ser consultado aqui.

14/12/2009

Dusty Payne

... no seu primeiro ano de WQS e recém-qualificado para o Deam Tour, andou um pouco por todo o Mundo. A Volcom, que é o seu principal patrocinador, acaba de lançar um clip de 4 minutos de uns freesurfs do havaiano. Aqui fica o clip, muito Volcom e muito Payne.

13/12/2009

Amizade é isto

 

Via Goiabada. E estou com o Júlio nessa, para o ano, só dá Joel.

Segundo a SurfPortugal, o Saca estará no ASP World Tour de 2010!

Já tinha vindo a dizer ao longo do dia de hoje que o Saca estava a ficar muito seguro para 2010 pois os seus adversários directos tinham perdido, restando apenas Dayyan Neve que mesmo assim não pode influenciar muito. Pois bem, a SP fez as continhas e já anunciou oficialmente a presença do Tiago Pires no WCT de 2010!
A notícia da SurfPortugal, está aqui. 

Confesso que embora a SurfPortugal seja a mais segura e credível fonte de notícias de surf em Portugal, só vou estar mesmo seguro quando o Al Hunt, homem das contas da ASP, o confirmar. Vamos esperar que a confirmação da ASP esteja para breve. Vamos esperar para ver.. Força Saca! Semi-parabéns!

12/12/2009

Ah, já agora, o Mick Fanning ganhou o seu 2º título mundial de surf ! "Micktory!"

...porque o Joel Parkinson perdeu de primeira em Pipeline, para o "local boy" Gavin Gillete. 



Full report da ASP em http://www.aspworldtour.com/2009/news_show.asp?rEvent=aspwct&rcode=13615 

Declara-se, assim, o fim da corrida ao título deste ano. Foi até Pipeline mas talvez tenha faltado um pouco mais de drama.. Ou então, não. Eu gostei assim.

Só um surfista ainda pode mexer negativamente com o ranking do Saca..

..e esse surfista é Dayyan Neve que acabou de ganhar, surpreendentemente, a Jordy Smith, o que lhe garantiu a passagem para o round 4 e, para já, um 9º lugar. Arrisco-me, mesmo assim, a dizer que o Saca aparenta estar na zona de requalificação para 2010..

Como costumo dizer, é esperar para ver.

Pipe já recomeçou para o terceiro dia do Pipemasters e...

(em constante actualização no número de surfistas)

... de partida para este 3º dia de competição e para o 3º round, já só há 5 4 3 2 1 surfista em prova que pode vir a mexer com o ranking e, portanto, com a requalificação, do "nosso" Saca. Adrian Buchan, Michael Picon, Chris Ward e Roy Powers já perderam. É/São ele(s):

Adrian Buchan 
Roy Powers
Chris Ward
Michael Picon
Dayyan Neve

Que vão estar nos seguintes heats:

Heat 1 - Adrian Buchan x Dean Morrison
Heat 6 - Tom Whitaker x Michael Picon
Heat 7 - Fredrick Patacchia x Chris Ward
Heat 10 - Kieran Perrow x Roy Powers
Heat 12 - Jordy Smith x Dayyan Neve

Sigam o evento no link que se segue (impróprio para pessoas com problemas cardíacos): http://www.triplecrownofsurfing.com/pipelinemasters/live.php

11/12/2009

Parabéns atrasados

Esqueci-me de postar, aqui, ontem, que este mesmo blog fez um ano ontem. Um abraço a todos os que por cá passaram e passam.

Diogo Alpendre

10/12/2009

Pipe está on


Está tudo dito no título do post. Aqui: http://www.triplecrownofsurfing.com/pipelinemasters/live.php

Ano ASP feminino acabado..

..e agora é hora de rever os rankings do WWT e WQS e esperar a confirmação oficial de quem está fora, quem está dentro e da wildcard ASP, para o WWT de 2010.. Mesmo assim, aqui ficam o ranking do WWT e o top 10 do WQS:

WWT   
1. Stephanie Gilmore (AUS)
2. Silvana Lima (BRA)
3. Sofia Mulanovich (PER)
4. Coco Ho (HAW)
5. Sally Fitzgibbons (AUS)
6. Melanie Bartels (HAW)
7. Chelsea Hedges (AUS)
8. Paige Hareb (NZL)
9. Rebecca Woods (AUS)
10. Rosanne Hodge (ZAF)
11. Samantha Cornish (AUS)
12. Jacqueline Silva (BRA)
13. Alana Blanchard (HAW)
14. Bruna Schmitz (BRA)
15. Jessi Miley-Dyer (AUS)
16. Amee Donohoe (AUS)
17. Megan Abubo (HAW)


WQS 
1. Ho,Coco(HAW) 
2. Miley-Dyer,Jessi(AUS) 
3. Moore,Carissa(HAW) 
4. Hareb,Paige(NZL) 
5. Woods,Rebecca(AUS) 
6. Bevilacqua,Claire(AUS) 
7. Curren,Lee Ann(FRA) 
8. Schmitz,Bruna(BRA) 
9. Robb,Nikita(ZAF) 
10. Erickson,Sage(USA)

Stephanie Gilmore vence Billabong Pro Maui e Vans Triple Crown

"Three ASP World Titles, Two Vans Triple Crowns Of Surfing, Three Billabong Pro Maui, victories. All at the ripe old age of 21."

"There may be a New Guard ready to take women's surfing,but before they do, they are going to have to get past Stephanie Gilmore"

Duas frases, duas verdades bem verdadeiras. Extraídas daqui. 

E para verem o que é surf feminino a sério, recomendo os dois vídeos em baixo e todos os outros do Billabong Pro Maui :



09/12/2009

Greg Long ganha o Eddie Aikau Invitational


O senhor na fotografia, Greg Long, ex-campeão nacional americano de surf , duas vezes vencedor da competição de ondas grandes em Mavericks, múltipla vezes capa das revistas americanas, vencedor de vários prémios nos Billabong XXL Awards e detentor de outros feitos, acaba de vencer o 2009/2010 Quiksilver in Memory of Eddie Aikau Invitational em Waimea Bay, tornando-se assim, em 25 anos de história do evento, no oitavo vencedor (o evento só acontece quando a baía de Waimea oferece ondas para cima de 20 pés havaianos), sucedendo a Bruce Irons que tinha conseguido vencer em 2005.Tudo mais aqui.

08/12/2009

Eddie is on

Passados cinco anos desde o último Quiksilver Eddie Aikau Invitational, Waimea Bay acordou e o Eddie está on. É um "must" a visualização deste evento. Aqui

07/12/2009

E a história continua, continua, continua...

A coisa era para acontecer. Depois já não era. Depois a ASP fez mudanças e como consequência o Rebel Tour tinha morrido. Na semana passada afinal não tinha morrido e agora talvez seja tudo uma vigarice.

Sabem uma coisa? Puxem o cachimbo, vistam as pantufas e o robe, e assistam a tudo nas poltronas de vossa casa. É que é igual pois quer um surfista profissional, quer um surfista comum aparentemente sabem o mesmo - nada!

Vejam os últimos desenvolvimentos aqui e aqui.

"The sports writer" fala com Mason Ho


O ego de Lewis Samuels deve estar a atingir um tamanho astronómico pois ele agora apresenta-se como "The sports writer". Ou se calhar não, talvez seja só a Stab Mag a brincar. De qualquer forma fiquem com a entrevista de Samuels a Mason Ho, um "dropinador profissional" e assumido. 

"The Sportswriter: What about Kelly Slater?
Mason: Oh, I… have… dropped… in… on… Kelly. At Trestles, I burned him. I heard: “Mason!” Then I heard, “Ho!” Then I heard, “Mason Ho!” Huh, huh, huh! I looked back at went, “Oh shit, Slates!” That’s my problem. I just don’t look back. "



P.S. Na fotografia, Mason Ho.

O carteiro Parkinson está a tentar bater a segunda vez na porta da Triple Crown


Será que bate e entra? Ou será que fica à porta? Esperemos pelo próximo capítulo, o Billabong Pipeline Masters para saber. Ah, a O'Neill World Cup of Surfing at Sunset Beach (nome mais longo......) acabou. Joel Parkinson ficou em primeiro, Sunny Garcia em segundo, Mick Fanning (que foi o melhor surfista do evento na minha opinião) em terceiro e o recém qualificado para o WT Dusty Payne em quarto. Para a conquista do título da VTCS está na liderança, e a defender o título alcançado o ano passado, Monsieur Parkinson. Os próximos capítulos da Vans Triple Crown of Surfing serão o Billabong Pro Honolua Bay para o WWT e o Billabong Pipeline Masters para o WCT. Stay tunned!

Adeus WQS 2009

É mesmo verdade meus caros, a época de 2009 do WQS masculino está encerrada (a do feminino está encerrada desde o Brasil em Outubro e teve como vencedora a Coco Ho que já está no WWT). Este pode ser o último ano do WQS como o conhecemos porque no ano que vem, 2010, vão entrar em vigor as mudanças que a ASP engendrou durante o WCT de Mundaka, nomeadamente, o rankin mundial único, o top45 ser reduzido a 32 e a mudança de seedings e surfistas no top32, três ou quatro vezes por ano. Mas quando chegar a altura, logo iremos a essas coisas. Agora é o momento de congratular os novos surfistas no WCT e aqui estão eles, o top 15 do WQS de 2009 e rookies (à excepção de Daniel Ross, Luke Munro, Jay Thompson e Travis Logie que já estiveram/estão no WCT) em 2010. 

Aqui vai a lista:

Ross, Daniel AUS
Gudauskas, Patrick USA
Andre, Jadson BRA
Melling, Adam AUS
Wright, Owen AUS
Munro, Luke AUS
Thompson, Jay AUS
Yeomans, Nathan USA
Payne, Dusty HAW
Simpson, Brett USA
Wilkinson, Matt AUS
Gudauskas, Tanner USA
Logie, Travis ZAF
Polo, Marco BRA
Thornton, Blake AUS

O próximo ano só pode trazer coisas boas com um grupo destes. É um dos novos contingentes mais fortes dos últimos tempos e qualquer um deles, com especial atenção para os mais novos (Owen, Dusty, Jadson, Tanner e Patrick, Matt, Dusty, Brett..) que são aqueles que vão obrigar os juízes da ASP a uma verdadeira lufada de ar fresco nos critérios de avaliação de ondas. Um destaque também para os "power surfers" Adam Melling e Daniel Ross que vão ser um osso duro de roer. Eu aposto em 2010 como um ano de mudanças a sério no WCT, ainda para mais com a ameaça bem presente do Rebel Tour.. Usando uma frase que Martin Potter proferiu no início da época de 2007, "It's gonna be a sick year!".

Fonte ASP aqui.

06/12/2009

Andy Irons em entrevista ao Surfline

Andy Irons, dispensam-se apresentações, deu uma entrevista interessante ao Surfline. Recomendo vivamente. Será que o animal competitivo está de volta? E para quem tinha dúvidas se o homem voltava ou não, 

"IS IT OFFICIAL, DO YOU PLAN TO HOP BACK ON TOUR NEXT YEAR?
Yeah, I'm doing it! I'm not gonna be like, 'maybe' guy. I got to take a year off, now I'm gonna go back to do it again."

Leiam a entrevista toda aqui.

Stab Mag e Julian Wilson


Que melhor pretexto é preciso para fazer uma entrevista que o lançamento de um site? Nenhum. Daí a Stab ter entrevistado Julian Wilson sobre aquele pretexto. Aqui fica o link e um aperitivo. 

"Whose, out of the multitude of surfer’s blogs, do you regularly visit? 

Mainly Dane’s one. He always puts up his best clips and cool shit up there. I heard from a friend he posts all his best shit up there. I won’t be doing anything like that, at least not until I’ve put together a banging movie. I go on there frequently because he’s constantly putting up clips and that’s what I’ve taken away from it. As long as you keep a little blog or video thing updated every few days, people will log on." 

Ai ai Kelly, ai ai..

Parece que o Kelly depois de ir "apanhar umas" a Todos os Santos (http://linhadeonda.blogspot.com/2009/11/ai-kelly-kelly.html) resolveu ir mandar tubos de 10 segundos para Rincon..e pronto, lá foi ele..

Aqui fica o link para o filme: http://www.surfline.com/surflinetv/sixty-seconds/kelly-slaters-lengthy-tube_39158 

P.S. Sem esquecer que o Slater "devia" estar no Havai...enfim..

04/12/2009

ASP ou CST/Rebel Tour? Eis a questão..!

Talvez por ingenuidade ou por acreditar que os surfistas da ASP estavam contentes na ASP, achei que os rumores do Championship Surf Tour/ Rebel Tour estavam mais que enterrados, não ia haver esse circuito. Aliás, achava eu e 100% do mundo do surf.
100%??
Não !!!, pois um pequeno (grande) 0.5%, não concentrado numa aldeia francesa mas sim numa sala de reuniões na Austrália e nos EUA, estava resistindo e combatendo a ASP. E está conseguindo resistir, usando a poção mágica chamada "Kelly Slater". E até parece que não só querem sair da sala de reuniões como querem chegar a "Roma" e derrotar César!

E agora? 

Leiam a história aqui. (e aqui para completar)

03/12/2009

O período de espera do Pipemasters começou...

..o que significa que aquela palhaçada toda dos 16 surfistas havaianos no evento e dos "overlapped heats" está de volta. Três "hurrays" de felicidade. Ao menos sempre há a disputa do título e o Slater que fazem valer a pena ver o evento. Senão, podem ter a certeza de que não o via.

02/12/2009

Duvido que Desert Point esteja deserta em dias destes..

Quem melhor para aconselhar que Slater e Machado?

Quem não se lembra da corrida ao título mundial de 1995 no Pipe Masters? Sunny, à frente, Machado e Slater logo atrás. Slater acaba por ganhar o título ao vencer Machado com o famoso hi5 na semi-final e com a derrota precoce de Sunny. Foi à queima. Foi até ao fim. Foi brutal.

Este ano, é também "danada" a corrida ao título como tem sido amplamente mostrado pelos media e aqui pelo blog. Marko vs Pick. Esperem, Jick Fannson e Moel Parkinng. Onde é que eu tenho a cabeça, Mick Fanning e Joel Parkinson, claro.

Trocadilhos e parvoíces à parte, a Stab Mag foi falar com dois dos principais intervenientes da luta ao título de 1995, Kelly e Machado, e recolher os seus conselhos para Mick e Parko. Desde memórias da corrida de 1995 a preparação física, as entrevistas são interessantes. Aqui ficam os links: 

http://www.stabmag.com/jed/rob-machado-world-title-showdown-advice-for-mick-fanning-joel-parkinson/ 

A competição de videoblogs continua..mais uma vez, Parko