13/05/2009

Júlio Adler

Eu nem sei como hei-de escrever o que quero. Já tentei por mais de vinte vezes escrever estas linhas que me estão na cabeça mas que insistem em não vir para o pc. Não querem sair, não querem e não sei porquê. Mas com estas palavras estou a tentar novamente e sei que, para já, estou a conseguir.

Tenho passado a manhã de hoje em volta do pc, ver o mar, ver os sites de surf, blogar um pouco por aqui e esse ritual todo. Há poucos momentos, a net caiu e eu, irritado, lá tive que fechar as janelas de net. Como estava a querer ver aqui umas coisas pelo meu blog, voltei a ligar a net e acedi ao meu blog. Username, password, painel... Quando chego ao painel, vejo no canto superior direito deste, uma coisinha a dizer "1 seguidor". Bom, até àquele momento, nem nunca tinha reparado naquilo. Curioso por saber quem seguia este modesto spot na net, carreguei naquilo. E apareceu o meu seguidor. A boca, o queixo, o nariz, os olhos e as orelhas caíram-me. O nome, aliás, o Nome, era o de Júlio Adler. Para quem não sabe, Júilio Adler é um conhecido cronista de surf e surfista brasileiro. Escreve também para a Surf Portugal entre outros sitios, nomeadamente, o seu blog que está na lista de links a seguir deste blog. Para mim e juntamente com a malta do Ondas, Júlio Adler é um mestre, um ícone. É uma das coisas que me faz comprar a revista Surf Portugal ! O humor que imprime nos seus textos e as suas opiniões são para mim coisas quase divinas !

Muitos de vocês poderão estar agora a pensar, "E então? Júlio Adler é cronista de surf, tem que estar informado e saber de várias opiniões do surf. É normal que ele siga este blog e ainda outros milhares de blogs, este é só mais um blog que ele segue". Concordo. Poderão ainda acrescentar, "Diogo, não dês muita importância a isso, de certeza que te adicionou e pronto e se calhar nem passa aqui no linha de onda/como é que está o surf." É verdade e concordo mas para mim, só estar este nome, aliás, este Nome, a seguir o meu blog, o meu cantinho, é um momento de orgulho, um momento de grande orgulho, aliás, é um marco na história da curta existência deste blog. Não importa se o lê todos os dias ou só o leu uma vez na vida (obviamente que preferia que o lesse todos os dias), meu Deus, é o Júlio Adler, a seguir este blog ! Mais, o link deste blog onde estão a ler este post, está nos "Blogues" do blog do Júlio Adler. Estou muito, muito orgulhoso. Até sinto isto como uma grande responsabilidade, tenho que continuar a escrever aqui, religiosamente, textos bons, interessantes, críticas e análises. Não posso, nem quero, parar.

Não me resta dizer muita coisa, apenas obrigado. Muito obrigado Senhor Adler e a todos os que seguem este blog. A sério, obrigado.
P.S. Consegui.

11 comentários:

www.maresdomar@webnode.com disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
www.maresdomar@webnode.com disse...

Para quem na conseguia escrever... tás lá.
Pessoalmente acho que se continuares com essa linha de espontaniadade passarei sempre por aqui... continua :)

Diogo Alpendre disse...

Vou tentar, vou tentar..
Espontaneidade é o meu nome do meio !
E é o amor a isto pá, eu curto mesmo escerever sobre surf.

Julio Adler disse...

Malandro,
to aqui dia sim, outro tambem.
E meu queixo tambem cai lendo a grande resenha das revistas portuguesas.
Queria ter aqui(no Salvelindo) surfistas com menos de 20 anos escrevendo - e publicando!- assim.
Abrazzo
Julio

Anónimo disse...

Caro Diogo,

Tenho seguido com interesse os teus posts e gostava de conversar contigo. Podes procurar-me quando quiseres pelo mail da revista (jvalente@publisurf.impresa.pt).
Um abraço e continuação do bom trabalho.

João Valente

Diogo Alpendre disse...

Eu nem sei o que dizer. Sinto uma mistura de surpresa, contentamento e, obviamente, responsabilidade.
Mas o que é que estou para aqui a dizer? Estou absolutamente feliz.

Primeiro, ao meu caro mestre Júlio Adler, obrigado. Do fundo da minha onda, obrigado. Nem sei o que dizer mais.

Ao João Valente, estou preplexo. Nunca pensei que outro nome tão ilustre como o seu pusesse os olhos aqui, neste canto onde comecei a escrever por gozo, com o meu melhor amigo e a minha namorada.
Ainda mais, dissesse que segue os meus posts e ainda por cima com interesse, quanto para querer mais falar comigo...
Um grande obrigado.

No fundo deste comentário : Obrigado, obrigado aos dois.

Mais uma vez e aqui, prometo continuar o que tenho vindo a fazer. Mais, eu e todos os que aqui escrevemos, o Miguel e a Mariana, vamos continuar aqui, a escrever como sempre e a tentar elevar este blog ao patamar que estão a exigir.

Um obrigado da minha parte e um grande obrigado do blog.

Abraço e boas ondas.

Um orgulhoso Diogo aqui do blog.

Julio Adler disse...

Diogo,
não exijo nada não, viu!?

Diogo Alpendre disse...

Melhor ainda caro Júlio ! Qualquer dia a minha auto-estima não cabe é na porta :)

Diogo aqui do blog

Rick disse...

Fala Diogo! O Julio é realmente um grande amigo das letras. Mestre total e um grande amigo! É o único que consegue traduzir pra palavras, as imagens de surfe que faço dentro d'água. A sua admiração por seus textos, prova que você tem bom gosto. Aliás, se ele e o também grande mestre e amigo João Valente gostam do seu texto, é porque você também tem muito valor.

Ricardo disse...

Diogo,

Concordamos com o Rick, ele é um grande amigo das letras. Também encontramos nas palavras do Júlio esperança para continuar com a nossa fábrica de equipamentos de surfe.

Ricardo Lobo e Paulo Cesar,
Veltra Equipamentos de Surfe.

Diogo Alpendre disse...

Amigos, não tinha visto os vossos comentários, só hoje é que me deparei com eles. Obrigado a todos do além-mar de Portugal, obrigado mesmo.

Aparentemente todos partilhamos a admiração pelo Júlio Adler. Ele é um grande mestre !

Valeu a todos !

Diogo aqui do blog