03/02/2009

O futuro

Agora que o êxtase dos clips de surf passou, podemos falar de coisas mais sérias como o futuro. Sendo um blog de surf, o futuro do surf.

Tem-se falado muito, em toda a imprensa mundial do surf, que o nosso bem-amado desporto está a precisar de uma injecção de profissionalismo de modo a tornar-se um mais bem aceite desporto, tal como são o futebol, o futebol americano, entre outros.
Shaun Thomson, ex-campeão do Mundo, afirmou isto há bem pouco tempo numa entrevista que a todos recomendo ler e que, só por acaso, vem na SurferMag deste mês. Refere nessa entrevista, entre outras coisas, a necessidade de contratar um verdadeiro R.P, das grandes cidades da publicidade como Nova Iorque ou LA, para a ASP de modo a divulgar ainda mais o desporto e de como gostava de ver os títulos do Kelly "aqui", falados "desta maneira". A entrevista, chama-se aliás "Why the ASP needs to hire pros not bros".
Bom, quanto a isto, tenho uma opinião parecida. Sim, quero ver os títulos do Slater anunciados decentemente, sim quero webcasts mais profissionais, estatisticas e todas essas coisas que Tomson refere. Contudo, não quero o surf divulgado. Porquê ? Porque não quero que haja ( mais ?) surfistas a correr cicuitos e eventos por dinheiro por exemplo. Porque não quero que se perca o amor que há à competição do surf apenas porque é competição no surf. Não quero ir à praia antes de um campeonato e ver os prós todos a "stressar" com a competição e como têm que aprender como aquela onda funciona para depois no heat X fazer a manobra Y da maneira Z. Quero que o surf fique "profissional" no sentido da não-ligeireza com que deve ser tratado (lembrem-se das primeiras noticias que apareciam nos desportivos portugueses.....). Quero que lhe reconheçam valor e qualidade. É só isto. Agora deixem lá o R.P xpto em Nova Iorque ou L.A...


3 comentários:

Miguel Moreira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Miguel Moreira disse...

A meu ver, o futebol é um óptimo exemplo do que se deve, a todos os custos, evitar que aconteça no surf!

Anónimo disse...

Eu acho que o surf não deve ser visto como mais um desporto viciante que passa na televisão e alicia milhares de jovens que em vez de armados em cristiano ronaldo, armados em kelly slater. O surf não é só uma competição. É uma ligação especial com a natureza e conosco próprios.Não me importo que a praia encha com mais uns quantos verdadeiros amantes, mas dispenso uma internacionalização desse género.

Falando por mim claro.
Boa noite,
Marta Lopes